• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Para Mulheres na Ciência: inscrições estão abertas até início de maio

Premiação, realizada pela L´Oréal, em parceria com a UNESCO no Brasil e a Academia Brasileira de Ciências, contempla pesquisadoras com bolsas de até 50 mil reais
Para Mulheres na Ciência: programa já reconheceu e incentivou 110 cientistas brasileiras (Thinkstock/Thinkstock)
Para Mulheres na Ciência: programa já reconheceu e incentivou 110 cientistas brasileiras (Thinkstock/Thinkstock)
Por Laura PanciniPublicado em 19/04/2022 07:00 | Última atualização em 18/04/2022 12:49Tempo de Leitura: 2 min de leitura

De acordo com o último Relatório da Ciência da Unesco, as mulheres representam cerca de 33% entre os pesquisadores globais.  Por isso, é fundamental agirmos em favor de mais inclusão em pesquisas e encorajar mulheres a seguirem em frente no sonho da carreira científica.

A L´Oréal, em parceria com a UNESCO no Brasil e a Academia Brasileira de Ciências, tem como objetivo promover e reconhecer a participação da mulher na ciência através do programa Para Mulheres na Ciência. Já em sua 17ª edição no Brasil, o programa está com as inscrições abertas até 09 de maio.

Quais são os maiores desafios da ciência? Descubra ao assinar a EXAME: menos de R$ 11/mês.

Todo ano, na edição local, sete jovens pesquisadoras das áreas de Ciências da Vida, Ciências Físicas, Ciências Químicas e Matemática são contempladas com uma bolsa-auxílio de R$ 50 mil cada, para dar prosseguimento aos seus estudos.

Ao longo destes 17 anos, o programa Para Mulheres na Ciência já reconheceu e incentivou 110 cientistas brasileiras, premiando a relevância dos seus trabalhos, com a distribuição mais de R$ 4,7 milhões em bolsas-auxílio.

Como participar do Para Mulheres na Ciência?

Para participar, é necessário que a candidata tenha concluído o doutorado a partir de 01/01/2014, sendo que, para mulheres com um filho, o prazo se estende por mais um ano e, para quem tem dois ou mais filhos, o prazo adicional será de dois anos.

Além disso, a cientista deve ter residência estável no Brasil, desenvolver projetos de pesquisa em instituições nacionais, entre outros requisitos.

VEJA TAMBÉM

Brasileiro de 5 anos é a pessoa mais nova a entrar para clube dos super QI

Cachorros evoluíram para serem mais fofos e conquistar humanos