Santos anuncia suspensão de contrato com Robinho

Segundo informações do Globo Esporte, o clube chegou em um acordo com o atacante para suspender o vínculo entre ambas as partes

O Santos anunciou na tarde desta sexta-feira, 16, a suspensão do contrato entre o clube e o atacante Robinho, que havia retornado ao clube no dia 10 de outubro.

Nas redes sociais, o jogador gravou um vídeo falando sobre o rompimento do vínculo com o time: “Com muita tristeza no coração, venho falar para vocês que tomei a decisão junto do presidente de suspender meu contrato neste momento conturbado da minha vida […] Se de alguma forma estou atrapalhando, é melhor que eu saia e foque nas minhas coisas pessoais.”

Nesta sexta-feira, o Globo Esporte divulgou com exclusividade trechos da sentença judicial e da transcrição dos grampos que levaram Robinho à condenação de nove anos, na Itália, por violência sexual em grupo — recorrida por advogados, e assim permitindo a livre atuação do jogador.

Após o caso ganhar repercussão, a empresa de ortodontia Orthopride cancelou o contrato de patrocínio com o Santos, assim como a Philco

A Orthopride pagava ao time 2 milhões de reais por ano, desde um acordo em 2018. Segundo a empresa, a decisão foi tomada por respeitar o público majoritariamente feminino.

Já a Philco informou em nota que “Neste momento exigimos a rescisão imediata com o atleta. Caso contrário, a Philco irá revogar o contrato, pois a situação não compactua com os valores da marca. NENHUM ATO DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER DEVE SER TOLERADO.”

No caso em questão, ocorrido, em 22 de janeiro de 2013 em Milão, Robinho estava acompanhado do jogador Ricardo Falco e mais quatro homens quando teria participado de atos classificados pela Procuradoria de Milão como violência sexual em grupo contra uma albanesa, que na data comemorava 23 anos. 

Em nota oficial, o Santos informou que “em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália.”

Anteriormente o clube havia afirmado que “com relação ao processo do atleta Robson de Souza, o Clube não pode entrar no mérito da acusação, pois o processo corre em segredo de Justiça na Itália e sobretudo o Santos FC orgulha-se de, em sua história, sempre respeitar as garantias fundamentais do ser humano, dentre as quais, a presunção da inocência e o respeito ao devido processo legal”. 

Quarta passagem

O atacante de 36 anos foi anunciado no último sábado (10) como novo reforço do Peixe. O atleta faria a sua quarta passagem pelo clube que o revelou. A última passagem foi entre 2014 e 2015. Em agosto, ele deixou o Istambul Basaksehir (Turquia).

Destaque santista nas conquistas dos títulos brasileiros de 2002 e 2004, Robinho tem 246 partidas e 109 gols pelo clube. Em 2005, ele foi negociado com o Real Madrid (Espanha), voltando em 2010, emprestado pelo Manchester City (Inglaterra).

Na ocasião, integrou a equipe campeã paulista e da Copa do Brasil em 2010, ao lado do meia Paulo Henrique Ganso e do atacante Neymar. A passagem mais recente, entre 2014 e 2015, quando foi cedido pelo Milan, da Itália, teve como ápice o título paulista de 2015.

(Com informações da Agência Brasil)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.