Casual

Rolling Stones suspendem turnê por problemas de saúde de Mick Jagger

Em comunicado, o grupo explicou que os médicos do vocalista lhe recomendaram tratamento e assinalaram que ele "não pode fazer uma turnê neste momento"

Jagger: artista tem 75 anos; problemas de saúde não foram especificados (Lucas Jackson/Reuters)

Jagger: artista tem 75 anos; problemas de saúde não foram especificados (Lucas Jackson/Reuters)

E

EFE

Publicado em 30 de março de 2019 às 12h12.

Londres — Os Rolling Stones suspenderam a etapa norte-americana de sua turnê "No Filter", com apresentações previstas nos Estados Unidos e no Canadá, porque o vocalista Mick Jagger necessita de "tratamento médico".

Em comunicado emitido neste sábado, o grupo explicou que os médicos de Jagger, de 75 anos, lhe recomendaram tratamento e assinalaram que ele "não pode fazer uma turnê neste momento", mas esperam sua "plena recuperação" dos problemas de saúde, que não foram especificados.

A banda se desculpou pela suspensão das apresentações e garantiu que os fãs que já compraram os ingressos dos shows poderão utilizá-los quando as novas datas forem anunciadas "em breve".

Mick Jagger, por sua vez, lamentou no Twitter sua indisposição e disse a seus seguidores: "Odeio decepcioná-los desta maneira".

"Estou desolado por ter que adiar a turnê, mas me esforçarei muito para voltar aos palcos o mais rápido possível. Mais uma vez, peço enormes desculpas para todo o mundo", escreveu o vocalista.

Após encerrar no fim do ano passado a etapa europeia de "No Filter", que começou em 9 de setembro de 2017, os Rolling Stones realizariam entre abril e junho a segunda fase da turnê, com 17 apresentações previstas nos EUA e no Canadá.

Acompanhe tudo sobre:CanadáEstados Unidos (EUA)SaúdeShows-de-música

Mais de Casual

Dia do Chocolate: 25 doces para provar em São Paulo

Como é provar o vinho italiano eleito o melhor do mundo

Arraial no Alto do chef Onildo Rocha tem vista panorâmica para o centro de São Paulo

Esta vinícola de SP liderou uma revolução na produção de vinho e já vê a próxima grande virada

Mais na Exame