• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Renner e Insecta lançam collab com reuso de materiais e armário cápsula

Marcas desenvolveram coleção que ressignifica tecidos que seriam descartados e dão origem a armário cápsula com peças com diferentes formas de uso, e que podem compor até 30 looks
 (Divulgação/Renner)
(Divulgação/Renner)
Por Julia StorchPublicado em 02/06/2021 09:39 | Última atualização em 02/06/2021 15:37Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Com sapatos veganos, feitos a partir de sobras de tecidos, peças vintage garimpadas e garrafas PET recicladas, os sapatos ecológicos com estampas coloridas ganharam força no país. Sim, estamos falando da Insecta Shoes. Desde 2014, a marca do Rio Grande do Sul vem trazendo tanto lançamentos de diversos modelos de sapatos, quanto novidades, desta vez será uma collab com a Renner, a partir de amanhã (3).

As dívidas tiram o seu sono e você não sabe por onde começar a se organizar? A EXAME Academy mostra o caminho.

Com a premissa de um guarda-roupa enxuto, mas que é possível montar mais de 30 looks. A coleção traz peças atemporais, que se conectam entre si, com vestido com top, jaqueta cropped com calça jogger em mix de estampa, kimono, macacão e camisas bordadas. A collab conta ainda com bolsas e, claro, calçados, com destaque para versões baseadas nos best sellers da Insecta.

A coleção, inteiramente confeccionada com materiais reaproveitados ou reciclados, foi divulgada ontem (1) em um painel do evento Brasil Eco Fashion Week. Todas as peças utilizam matérias-primas sustentáveis, como o tecido estampado de reuso (proveniente do excedente de fornecedores da varejista), borrachas de origem reciclada e tecidos de PET reciclado.  

Foi a partir destes materiais que as peças foram desenhadas, com um processo de criação às avessas: ao invés de definir o conceito da coleção e depois seguir com a seleção dos materiais, primeiro foram escolhidos os insumos e, depois, foram feitos os desenhos das peças. O resultado foi o reaproveitamento de mais de 4 mil metros de sobras de matéria-prima que estavam parados. Além disso, cada bolsa da collab usou em média cinco garrafas PET.  

“Esta parceria é resultado de um reconhecimento muito valioso para a Insecta, e a chance de poder ampliar um trabalho pioneiro iniciado há alguns anos em prol do consumo consciente e da preservação”, comenta a Co-CEO e fundadora da Insecta Shoes, Barbara Mattivy. A marca é a única no país a conquistar a certificação de Empresa B

Peças da collab entre Renner e Insecta Shoes. (Renner/Divulgação)

Já para a Renner, a collab é mais um passo na caminhada sustentável que vem trilhando. A marca já comercializou mais de 130 milhões de peças com matérias-primas como o fio reciclado, o algodão e a viscose certificados e a poliamida biodegradável, além de técnicas como o upcycling e processos que garantem, por exemplo, o menor uso de água.  “Dentro da nossa estratégia de sustentabilidade, temos o compromisso de levar aos nossos clientes cada vez mais peças que tenham atributos responsáveis, qualidade e muita informação de moda. Trabalhamos diariamente com este foco, em uma jornada de constante evolução”, conta a diretora de Estilo da Lojas Renner, Fernanda Feijó. 

Tanto para Feijó quanto para Mattivy, a parceria entre as marcas representam novas formas de repensar o desenvolvimento de produtos, “quanto inspirar o ecossistema a se comprometer com o meio ambiente e liderar um modelo de gestão que gere resultado econômico com baixo impacto ambiental e responsabilidade social é o nosso propósito”, comenta Mattivy.   

A partir de amanhã (3), a coleção estará disponível no site da Renner e em mais 25 lojas físicas no Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal e Goiás. Todas as peças levam uma tag em papel reciclado para identificar os produtos, com algumas informações sobre as boas práticas envolvidas no processo produtivo.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importante em tempo real.