Casual

Organizadores anunciam adiamento da Maratona de Berlim

Decisão foi tomada após Alemanha proibir eventos com mais de 5 mil por causa da pandemia do novo coronavírus

Maratona de Berlim: evento é mais um cancelado pela pandemia do novo coronavírus  (Hannibal Hanschck/Reuters)

Maratona de Berlim: evento é mais um cancelado pela pandemia do novo coronavírus (Hannibal Hanschck/Reuters)

AB

Agência Brasil

Publicado em 22 de abril de 2020 às 21h45.

Última atualização em 22 de abril de 2020 às 21h45.

Os organizadores da Maratona de Berlim (Alemanha) anunciaram que a prova, marcada para o dia 27 de setembro, terá que ser adiada por causa da pandemia do novo coronavírus.

A decisão foi tomada após o governo da Alemanha informar, em coletiva de imprensa realizada na última terça (21), que todos os eventos com mais de 5 mil pessoas estão proibidos até 24 de outubro de 2020 pela covid-19.

A prova alemã faz parte da World Major Marathons, que reúne as seis principais e mais prestigiosas maratonas de todo o mundo, junto com as corridas de Nova York (EUA), Boston (EUA), Chicago (EUA), Londres (Inglaterra) e Tóquio (Japão).

Além disso, a Maratona de Berlim tem uma característica que a torna única. Por ter um percurso plano e rápido, a prova alemã registra várias quebras de recordes mundiais.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus:

Acompanhe tudo sobre:AlemanhaBerlimCoronavírusMaratonas

Mais de Casual

O segredo que a GM guarda e que deve mexer no mercado de carros no Brasil

Mansão de R$ 19 milhões em SC tem vista de tirar o fôlego; amplie fotos

Secretos, mas nem tanto: conheça bons bares estilo speakeasy em São Paulo

O que a Hering leva para o casamento com o Grupo Azzas 2154

Mais na Exame