A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Astro da NBA se recusa a tomar a vacina contra covid e é afastado

Kyrie Irving atua no Brooklin Nets, de Nova York, cidade que exige vacina para lugares fechados, como o ginásio do time

O jogador de basquete Kyrie Irving, que atua na NBA foi afastado por se recusar a tomar vacina contra a covid-19. Irving atualmente joga pelo Brooklin Nets, de Nova York, cidade que exige o imunizante em locais fechados de prática esportiva, como o Barclays Center, onde o time joga.

Irving é um conhecido opositor das vacinas. Recentemente, ele compartilhou em suas redes sociais publicações que acusam sociedades secretas de planejar implantar, por meio da vacina, um chip para conectar jogadores negros a um computador mestre. A teoria conspiratória está relacionada ao imunizante da farmacêutica Moderna.

"Kyrie fez uma escolha pessoal e respeitamos seu direito individual de escolha”, afirmou Sean Marks, gerente geral dos Nets. “Mas, essa escolha restringe sua capacidade de ser um membro em tempo integral da equipe e não permitiremos que nenhum membro de nosso time participe em tempo parcial.”

Bolsonaro foi barrado em jogo do Santos

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo que não foi autorizado a assistir a um jogo da liga entre Santos e Grêmio porque o clube paulista não permitiu a entrada de torcedores não vacinados em seu estádio.

A partida de futebol foi a primeira do Santos com torcida presente desde o início da pandemia de Covid-19, mas o clube insistiu que só permitiria a entrada de vacinados ou com PCR negativo.

"Eu queria ver o jogo do Santos agora e me falaram que tem que estar vacinado", disse Bolsonaro em vídeo postado em seu perfil no Facebook. "Por quê isso?"

Bolsonaro, que se recusou a ser vacinado e encorajou outros a seguirem o exemplo, alegou já contar com anticorpos por ter contraído a Covid-19.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também