A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Como o frio pode ajudar você a emagrecer

Confira algumas maneiras de aproveitar a aceleração do metabolismo nessa época para perder peso

São Paulo – O outono/inverno é a época do ano em que é mais fácil engordar, certo? Errado. Apesar da impressão comum de que, em climas frios, a fome aumenta e o corpo fica mais mole, na realidade, o frio pode ser um aliado no emagrecimento.

Segundo a nutricionista da rede Emagrecentro Vivian Goldberger, a ideia de que temos mais fome nesse período é mais baseada no fator psicológico do que, propriamente, físico. “Quando a temperatura ambiente abaixa, o metabolismo fica mais acelerado, porque o corpo precisa gastar mais energia para manter a temperatura interna. Por isso, é mais fácil emagrecer no frio do que no calor”, afirma.

Isso não significa que basta viver no meio do gelo para manter a boa forma. A especialista afirma, que esse resultado só é facilitado se a pessoa tiver uma alimentação saudável, sem abusos. Para usar essa época para beneficiar o organismo– e não se preocupar tanto na volta do verão, há alguns hábitos que podem ser adotados, com você confere a seguir.

Consumir frutas, legumes e verduras

ingerir alimentos saudáveis é uma regra para o ano inteiro. De acordo com a nutricionista, a base da alimentação saudável e da perda de peso é investir nos ingredientes leves, como frutas, legumes e verduras.

Recorrer a versões quentes de comidas leves

Se não dá para fugir da salada, o melhor é adaptá-la ao clima. No caso das verduras e legumes, a versão cozida aquece mais o corpo, proporcionando praticamente os mesmos benefícios. É possível também preparar sopas, cremes, omeletes e suflês com esses alimentos, sem prejudicar o sabor. Em relação às frutas, como maçã e banana, ela sugere aquecê-las no forno ou no micro-ondas e salpicar canela em pó e, se preciso, adoçante, para dar uma cara de sobremesa ao item saudável.

Ingerir alimentos termogênicos

Usar canela para temperar as frutas mornas não ajuda só a dar um gosto melhor a elas, mas também a acelerar ainda mais o metabolismo. Por ser um ingrediente termogênico, a canela ajuda o corpo a queimar mais calorias, já que acelera o organismo. O mesmo acontece com pimenta, alho e cebola.

Substituir chocolate-quente por chás

Em vez de optar pelo tentador chocolate-quente, os chás de gengibre, chá verde e até mesmo o de canela. Isso porque eles são termogênicos, aceleram o metabolismo e facilitam a queima de calorias e, logo, a perda dos quilos extras.

Controlar as quantidades

Uma alimentação saudável nessa época do ano não implica, necessariamente, na eliminação de itens mais calóricos. De acordo com Vivian, não é preciso evitar a canjica da festa junina, o chocolate-quente ou o fondue. Se não for possível preparar uma receita mais light, o ideal é controlar as quantidades para não exagerar na dose e estragar o progresso.

Não parar os exercícios

O frio desencoraja muita gente na hora de ir para a academia, mas, segundo Vivian, é importante continuar a rotina de atividades físicas para aumentar a queima de calorias. “Não sou especialista nisso, mas a dica que eu dou é realizar uma atividade que aqueça o corpo rápido, para espantar a preguiça”, diz. Ela lembra também que os exercícios devem durar pelo menos 30 minutos seguidos para fazer algum efeito visível e a regularidade de três vezes por semana é suficiente para melhorar o desempenho ou, no mínimo, manter o peso.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também