Bill e Melinda Gates têm primeira audiência do divórcio nesta sexta (14)

A fortuna do casal, estimada em US$ 146 bilhões de dólares, inclui uma mansão de 6 mil metros quadrados às margens do lago Washington, cujo interior nunca foi revelado ao público

Duas semanas após anunciarem o divórcio com um post nas redes sociais, o casal Bill e Melinda Gates participará nesta sexta-feira (14) da primeira audiência judicial para tratar dos termos do acordo. O encontro marca o início das discussões que decidirão o futuro da fortuna do casal, estimada em US$ 146 bilhões de dólares.

"Depois de muito pensar e trabalhar no nosso relacionamento, tomamos a decisão de encerrar o casamento", disse o fundador da Microsoft no Twitter, no início de maio, destacando que ambos permanecerão como copresidentes e curadores da Fundação Bill e Melinda Gates, que soma mais de US$ 50 bilhões em doações. "Continuamos compartilhando a missão de permitir que todas as pessoas tinham uma vida saudável e produtiva, mas não acreditamos mais que conseguimos crescer como um casal na próxima fase das nossas vidas."

Segundo rumores divulgados pelo The Wall Street Journal, o divórcio foi uma iniciativa de Melinda, que teria afirmado no contrato de separação que "o casamento já estava quebrado", e esperava apenas o filho mais novo completar 18 anos para dar início ao processo. A ideia de terminar o casamento já vinha sendo gestado pelo menos desde 2018, quando Bill insistiu em continuar em contato com o também bilionário Jeffrey Epstein mesmo após a desaprovação explícita de Melinda. Epstein foi condenado e por crimes sexuais e morreu na prisão em 2019

Divisão da fortuna

O patrimônio líquido de Bill Gates originou-se da Microsoft, mas as ações do fabricante do software agora provavelmente representam menos de 20% de seus ativos. Ele passou grande parte de sua participação na companhia para a Fundação Bill & Melinda Gates ao longo dos anos e sua fatia exata não foi divulgada desde que ele deixou o conselho da Microsoft no ano passado.

O maior ativo de Gates é a Cascade Investment, uma holding criada por ele usando ganhos que obteve com dividendos e vendas de ações da Microsoft e que é gerida por Michael Larson. Por meio da Cascade, Bill Gates detém participações em ativos imobiliários, de energia, hospitalidade, além de fatias em empresas públicas, incluindo a Canadian National Railway e a Deere & Co.

Ao assinar o acordo de divórcio usado para dar entrada no processo na justiça, Bill Gates transferiu US$ 1,8 bilhão em ações para a ex-esposa.

Xanadu 2.0

Uma das curiosidades que ronda o processo de divórcio dos Gates é a mansão de 6 mil metros quadrados em que o casal mora, às margens do lago Washington, avaliada em US$ 132 milhões de dólares. A propriedade recebeu o apelido de "Xanadu 2.0" pelos biógrafos do casal, em referência à mansão do protagonista de Cidadão Kane. Apesar de não ser secreta, o interior da casa é um mistério. "Low profile", o casal nunca abriu as portas para a imprensa.

A curiosidade para conhecer o interior é tão grande que, em 2009, foi leiloado um tour pela mansão por US$ 35.000. Segundo o New York Times, em 1995 a mansão contava com um spa, uma piscina de 18 metros, uma sala com trampolins, e um riacho com salmões e trutas. Porém, poucos sabem como está a propriedade atualmente, visto que o casal possui outros terrenos ao redor da casa, garantindo ainda mais privacidade.

Como a vida pós-vacina vai mudar a sua vida profissional? Assine a EXAME e entenda.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também