A volta de Schumacher? História pode se repetir em decisão do título da F1

Verstappen e Hamilton estão empatados em pontos após a corrida caótica de domingo na Arábia Saudita, mas Verstappen, da Red Bull, está à frente do heptacampeão mundial da Mercedes em número de vitórias: 9 a 8
 (Andrej Isakovic/Reuters)
(Andrej Isakovic/Reuters)
R
Reuters

Publicado em 06/12/2021 às 13:40.

Última atualização em 06/12/2021 às 13:50.

Max Verstappen não precisa marcar nem mais 1 ponto para ser o campeão da Fórmula 1 se Lewis Hamilton tampouco o fizer em Abu Dhabi no próximo final de semana, e o risco de uma temporada emocionante terminar com uma colisão ou uma polêmica é real.

Os dois rivais estão empatados em pontos após a corrida caótica de domingo na Arábia Saudita, mas Verstappen, da Red Bull, está à frente do heptacampeão mundial da Mercedes em número de vitórias: 9 a 8.

Damon Hill, campeão mundial britânico em 1996, teme que a história se repita e deu a entender que a entidade organizadora do esporte deveria enviar uma mensagem clara.

"Existe um precedente que foi estabelecido no campeonato de 1997, no qual os pontos de [Michael] Schumacher foram tirados dele", disse o comentarista aos telespectadores do canal Sky Sports.

"Então, se tivermos uma situação [de colisão], acho que a FIA [Federação Internacional de Automobilismo] deveria orientar as equipes e os pilotos com antecedência sobre o que é provável que farão. Eles tirarão pontos? Qual é a penalidade?"

Quando Schumacher, heptacampeão mundial da Ferrari, e Jacques Villeneuve, da Williams, chegaram à última corrida de 1997 em Jerez, na Espanha, o alemão tinha 1 ponto a mais do que o canadense.

Os dois colidiram na batalha pela liderança e Schumacher foi forçado a desistir. Mais tarde, ele foi privado de todos os pontos da temporada devido ao que foi visto como uma tentativa de eliminar seu rival da disputa pelo título.

Villeneuve chegou em terceiro e foi campeão.

Em 1994, Hill e Schumacher lutaram pela coroa na corrida final em Adelaide, com o britânico 1 ponto atrás do alemão.

Schumacher bateu no muro e colidiu com Hill quando a Williams tentava ultrapassá-lo, com os dois pilotos tendo de abandonar a prova e o alemão conquistando seu primeiro título. Os fiscais declararam que se tratou de um incidente de corrida.

Hill não sugeriu que Verstappen recorreria a truques sujos, mas viu semelhanças com Schumacher em seu estilo muito agressivo de direção.

"Existem algumas pessoas que dirigem sem fazer nenhuma concessão. E acho que Max é uma dessas pessoas", disse ele.

"Ele é muito habilidoso e brilhante e é empolgante de assistir. Acho que Lewis, que tem de lidar com isso, agora é muito cauteloso ele não está intimidado, mas desconfia de Max e provavelmente com razão."

Os dois pilotos já colidiram várias vezes em sua batalha de gerações nesta temporada.