Carreira

Como procurar vagas fora do Brasil

Ter um bom domínio do idioma do país para onde deseja se mudar é fundamental

Muitos países e empresas exigem certificações específicas para determinadas áreas (Iryna_Rasko/Thinkstock)

Muitos países e empresas exigem certificações específicas para determinadas áreas (Iryna_Rasko/Thinkstock)

Publicado em 19 de junho de 2024 às 20h13.

Tudo sobreGuia de Carreira
Saiba mais

Trabalhar no exterior é o sonho de muitos profissionais em busca de novas experiências, desenvolvimento de carreira e melhores oportunidades. No entanto, procurar uma vaga fora do Brasil exige planejamento, preparação e uma abordagem estratégica. Neste artigo, vamos explorar as melhores práticas para encontrar emprego no exterior, com base em dicas valiosas para destacar seu perfil e aumentar suas chances de sucesso.

1. Pesquise o mercado internacional

Antes de começar sua busca por uma vaga no exterior, é crucial entender o mercado de trabalho do país para onde deseja se mudar. Pesquise sobre as demandas por profissionais na sua área, os setores em crescimento e as principais empresas contratantes.

  • Setores em alta: Identifique quais setores estão em alta demanda no país de destino e se alinham com suas habilidades e experiências.
  • Empresas multinacionais: Foque em empresas multinacionais ou que possuem operações globais, pois elas geralmente estão mais abertas a contratar profissionais estrangeiros.

2. Ajuste seu currículo e perfil online

Adaptar seu currículo e perfil online aos padrões internacionais é essencial para se destacar. Certifique-se de que seu currículo esteja no formato aceito no país de destino e destaque suas habilidades e experiências relevantes.

  • Currículo: Use um modelo de currículo que siga o padrão do país para onde está aplicando, destacando suas realizações e qualificações.
  • LinkedIn: Atualize seu perfil no LinkedIn, garantindo que esteja completo e em inglês, com palavras-chave relevantes para sua área de atuação.

3. Desenvolva habilidades linguísticas

Ter um bom domínio do idioma do país para onde deseja se mudar é fundamental. Se o inglês for o idioma principal, é importante ter fluência, mas se for outro idioma, considere fazer cursos ou imersões para melhorar suas habilidades linguísticas.

  • Cursos de idiomas: Invista em cursos de idiomas, preferencialmente com certificações reconhecidas internacionalmente.
  • Prática constante: Pratique o idioma diariamente, através de conversação, leitura e escrita, para ganhar confiança e fluência.

4. Networking internacional

Construir uma rede de contatos internacionais pode abrir muitas portas no mercado de trabalho global. Participe de eventos, conferências e fóruns online para conectar-se com profissionais da sua área em outros países.

  • Eventos e conferências: Participe de eventos e conferências internacionais, seja presencialmente ou virtualmente, para expandir sua rede de contatos.
  • Grupos online: Junte-se a grupos e comunidades online relacionadas à sua área de atuação, onde possa interagir com profissionais de diferentes países.

5. Utilize plataformas de busca de emprego internacionais

Existem diversas plataformas de busca de emprego especializadas em vagas internacionais. Utilizar essas ferramentas pode facilitar sua busca e aumentar suas chances de encontrar oportunidades no exterior.

  • Sites de emprego internacionais: Cadastre-se em sites de emprego globais, como Indeed, Glassdoor e LinkedIn Jobs, e configure alertas de vagas para receber notificações.
  • Agências de recrutamento: Considere se inscrever em agências de recrutamento que tenham experiência em colocação de profissionais no exterior.

6. Obtenha as certificações necessárias

Muitos países e empresas exigem certificações específicas para determinadas áreas de atuação. Certifique-se de obter as qualificações necessárias para exercer sua profissão no país de destino.

  • Certificações profissionais: Pesquise quais certificações são reconhecidas e valorizadas no país de destino e obtenha-as para aumentar suas chances de contratação.
  • Equivalência de diplomas: Em alguns casos, pode ser necessário validar seu diploma ou obter equivalência de suas qualificações acadêmicas no exterior.
Acompanhe tudo sobre:Guia de CarreiraMercado de trabalhocarreira-e-salarios

Mais de Carreira

Após vender empresa, ex-CEO transforma funcionários em milionários

Gráfico da felicidade mostra pico aos 30 e aos 70 anos; entenda

7 profissões para quem gosta de vinho

Você se dá bem com seus amigos? Amizades são importantes para a longevidade, apontam estudos

Mais na Exame