Startups de logística moldam a nova cara do e-commerce

Com a pandemia, logtechs passaram a ser as responsáveis por proporcionar uma experiência positiva para o consumidor

Se em 2020, o mercado de compras online cresceu impressionantes 73% o que pensar do mercado de logística? É fato que para cada compra online, é preciso um entregador que faça o trajeto “porta a porta”. E foi nesse contexto que ganharam força as logtechs – ou as startups de logística. 

Diferentemente das empresas tradicionais de transporte de cargas, esses negócios são especializados nos pequenos volumes (às vezes, nem tão pequenos, assim). E, mais do que isso, são responsáveis por ser a “cara da empresa de e-commerce” para o consumidor. Sem as lojas físicas, os consumidores não têm mais contato com vendedores capazes de proporcionar uma experiência de compra diferenciada. O único contato com alguém da mesma espécie passa ser um entregador que bate na sua porta e entrega um pacote. 

Então, como transformar esse ponto de contato em uma experiência diferenciada? No mundo de hoje, usar máscaras, respeitar o distanciamento, ser cortês e cumprir o prazo de entrega não são mais diferenciais. O consumidor espera algo mais. Quer ser surpreendido e, ainda mais em tempos de pandemia, quer ser acolhido.

E qual a parcela de dano à imagem do e-commerce quando essa entrega não é bem-sucedida? Você, na posição de consumidor, compraria novamente em uma loja cuja entrega deixa a desejar?

Outras tendências digitais da semana:

Can Tech Make the Roads Safer?

Anyone with an iPhone can now make deepfakes. We aren’t ready for what happens next

Deputados apertam o cerco contra 'big techs' nos EUA: Relatório abre caminho para novas leis contra monopólio

O que esperar da TV conectada em 2021?

* Alexandre Loures e Flávio Castro são sócios da FSB Comunicação

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.