Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

Quer trabalhar com esports? CBF Academy abre vagas para profissionalização

Curso desenvolvido pelo braço educacional da CBF abre portas para o mercado de trabalho ou para quem quer mudar de carreira

 (Slavica/Getty Images)

(Slavica/Getty Images)

B
Bússola

12 de outubro de 2022, 18h00

O mercado global de esports, que movimenta aproximadamente US$ 1 bilhão, está abrindo as portas do empreendedorismo para quem planeja ingressar no segmento ou está em busca de uma transição de carreira. Para isso, a formação profissional faz toda a diferença.

O curso de gestão em esports da CBF Academy, que teve sua primeira turma em outubro de 2021, com 26 alunos, parte para a segunda turma, com 158 interessados de 17 estados. As aulas online começam em 24 de outubro de 2022. O objetivo é a capacitação de profissionais que atuam ou desejam atuar como gestores em diversas áreas e modalidades dos esportes eletrônicos.

O curso busca trazer a vivência e experiência dos maiores nomes dos profissionais do cenário, mostrando a forte posição que o Brasil ocupa nos eSports. "Com aprendizado direto e ampliação de networking, o curso amplia a visão do aluno nas áreas que podem atuar no mercado dos esports", diz Marcelo Fadul, coordenador do curso e sócio-fundador da E-Flix eSports.

Fadul contratou um dos alunos do curso para a sua empresa, Gabriel Mello, 22 anos, que conseguiu sua primeira oportunidade de trabalho já no mercado de esports, ao concluir o curso da CBF Academy.

"O curso de gestão de esports expandiu minha visão sobre todo o ecossistema do universo dos games e seus principais agentes. Me abriu a oportunidade de me conectar a pessoas que fazem parte do mercado e do meu ingresso na Netshoes Miners", afirma Gabriel.

Os gamers se renderam aos esportes eletrônicos. Dados do painel esports, que fazem parte da Pesquisa Game Brasil 2022 apontam que 63,2% dos jogadores consomem jogos eletrônicos no Brasil. A popularidade também está em alta: a pesquisa mostra ainda que 81,2% dos entrevistados ouviram falar de esportes eletrônicos, um crescimento de 16,9 pontos percentuais, na comparação com o mesmo levantamento de 2021.

"A CBF Academy está sempre atenta às novas profissões e atividades que carecem de possibilidades de capacitação. Seu portfólio de mais de 40 cursos oferece inúmeras oportunidades de desenvolvimento em nosso ecossistema. A indústria de jogos eletrônicos e seu incrível crescimento nos estimulou a criar o curso", declara Michel Fauze Mattar, coordenador geral da CBF Academy

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

 

Play: Qual é mesmo o nome daquele filme? Site promete acabar com dúvida

Avesso do avesso: o outro lado de um projeto fotográfico

5G: para Muca Muriçoca, 5G vai democratizar acesso aos games

 

 

 

 

Últimas Notícias

ver mais
Glaucia Guarcello: Em terra de AI, quem tem humanidade será rei
Bússola

Glaucia Guarcello: Em terra de AI, quem tem humanidade será rei

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital
Bússola

/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Análise do Alon: O gato escaldado
Bússola

Análise do Alon: O gato escaldado

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Veja como se tornar um líder triple A
Bússola

Veja como se tornar um líder triple A

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais