Polêmica parte 2: A briga entre Google e Microsoft sobre conteúdo jornalístico

Google afirma que Microsoft tem feito substituição de jornalistas por bots de inteligência artificial

Nas últimas semanas falamos sobre a polêmica australiana envolvendo o Facebook com a aprovação da lei que determina que as gigantes tech paguem pelas notícias publicadas em suas plataformas.

Na ocasião, o Facebook bloqueou por um período este tipo de conteúdo até chegar a um acordo com o parlamento australiano e anunciar em fevereiro um investimento bilionário no setor de notícias no mundo todo para os próximos anos.

Agora é a vez do Google e da Microsoft se digladearem sobre o tema. Um comunicado emitido ontem (12) pelo Google (https://bit.ly/3vkrDrk) reforça o compromisso e o suporte da empresa com o jornalismo e critica a Microsoft que defende o pagamento do conteúdo noticioso compartilhado pelas plataformas digitais.

A história se inicia quando a Microsoft se mostra disposta a aceitar o modelo de cobrança para seu buscador Bing, tornando-se assim uma possível substituição ao Google na Austrália, caso ele não aceite os termos governamentais. A Microsoft também afirmou que trabalhará em conjunto com editores da imprensa europeia garantindo que os jornais sejam pagos pela empresa no continente.

Já o Google, afirma que a Microsoft tem feito um movimento de substituição de jornalistas por bots de inteligência artificial e que a empresa de Gates não dá o apoio necessário ao segmento.

E o que isso tem a ver com a gente? Quase tudo. Se esta discussão está bem movimentada na Oceania e agora na Europa, em breve ela chegará às Américas. Isso muda a forma como os veículos e jornalistas podem se rentabilizar e gerar novos negócios, por exemplo.

É o futuro do conteúdo jornalístico se formando na frente dos nossos olhos.

*Sócio-diretor de Estratégia da FSB Comunicação

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.