• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Planejar é obrigatório, mesmo que nada saia como planejado

Especialista em planejamento alerta para importância de se preparar de maneira estruturada para 2021, ainda que seja impossível prever o futuro da pandemia
Se planejar é sempre preciso. Entenda o porquê (Thinkstock/Yozayo)
Se planejar é sempre preciso. Entenda o porquê (Thinkstock/Yozayo)
Por Luiza Spinelli*Publicado em 08/10/2020 21:56 | Última atualização em 08/10/2020 22:38Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Entramos no último trimestre do ano, quando desenvolvemos nosso planejamento para o ano seguinte. Mas, depois de 2020, em que cada dia lidamos com uma novidade ou desafio, vale a pena dedicarmos tempo para planejar 2021? A resposta curta e objetiva é: sim. A mais longa: se planejar é sempre preciso, nesse contexto é obrigatório. Explico o porquê.

Por mais cenários e previsões que fizemos em 2019, plano nenhum previu uma pandemia global que alterasse de forma tão drástica as relações sociais, políticas e econômicas. Fomos todos surpreendidos e agimos no free style, certo? Mais ou menos. 

Ao longo desses meses, vimos marcas que se destacaram por suas ações e viraram protagonistas das conversas; empresas que se posicionaram a favor de um espaço mais diverso e inclusivo; companhias que reconheceram erros, corrigiram rotas e adaptaram o modelo de negócios; players que anteciparam lançamentos e expandiram o diálogo com o público. E isso só foi possível porque houve um planejamento prévio e conhecimento do seu público, seus valores e propósito da marca.  

E para o próximo ano? Fica a incerteza de quando (e se) voltaremos ao “normal”. A pergunta de um milhão de dólares — quando estaremos vacinados — não tem resposta. Mas uma coisa é certa: quem se preparar e planejar, com certeza sairá na frente.

* Gerente de Planejamento, Insights e Inovação da FSB Comunicação

 Siga a Bússola nas redes sociais

Twitter  |    Facebook    |    Youtube