Um conteúdo Bússola

Parceria entre Hurb e FGV seleciona duas alunas para formação "excepcional"

Duas estudantes foram selecionadas para participar do único programa do Brasil que oferece acesso a uma plataforma internacional de empregos
Programa visa impulsionar carreiras de mulheres em tecnologia (Luis Alvarez/Getty Images)
Programa visa impulsionar carreiras de mulheres em tecnologia (Luis Alvarez/Getty Images)
B
BússolaPublicado em 15/07/2022 às 16:35.

O Hurb, empresa de tecnologia que possui a maior plataforma de viagens online do Brasil, selou parceria com a Escola Brasileira de Administração Pública e Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV Ebape) e passou a financiar os estudos de duas estudantes, no contexto do programa de pós-graduação Master in Management (MiM). O programa, único do Brasil que oferece acesso a uma plataforma internacional de empregos, combina soft skills com aprendizagem aplicada por meio de um projeto e uma metodologia baseada em casos. O processo seletivo para a Cátedra de Pesquisa reuniu jovens interessados em investigar, refletir e compreender as tendências, cenários e transformações no mercado nacional e internacional, com desafios estratégicos das organizações.

As bolsas integrais se destinaram a duas estudantes graduadas em administração pela FGV Ebape, Ana Carolina do Valle e Bianca Lorençoni. Os inscritos participaram de um processo seletivo que foi composto por duas fases eliminatórias, com entrevistas e análise documental.

O MiM é um mestrado profissional, internacional, totalmente em inglês, voltado para jovens no início de carreira ou recém-formados. Reconhecido pelo MEC, forma jovens para alcançarem carreiras empresariais excepcionais. O programa fornece uma base sólida em áreas de gestão essenciais, com uma forte perspectiva internacional – os alunos mergulham no maravilhoso mundo do conhecimento prático e teórico. O MiM oferece, ainda, duas possibilidades de currículo: o programa tradicional, com aulas na FGV EBAPE; ou uma dupla titulação, em parceria com a Universidade Católica de Lisboa (Católica Lisbon School of Business and Economics - CLSBE).

Nesse contexto, a iniciativa do Hurb em criar uma Cátedra de Pesquisa busca aumentar a participação feminina no setor de tecnologia e, consequentemente, gerar mais oportunidades de trabalho nos mercados nacional e internacional. “Incentivamos a formação de profissionais no setor de tecnologia e buscamos parceiros que possam contribuir de maneira significativa para capacitação e formação para o mercado. Iremos contribuir e preparar profissionais que estejam aptos a aplicarem seus conhecimentos para impactar a sociedade”, declara Ana Feliciano, Head de Educação do Hurb.

A parceria com a FGV EBAPE vislumbra ainda a participação nas iniciativas de empreendedorismo da escola e patrocínio a programas de pesquisa e docência que venham favorecer uma maior participação feminina em gestão e tecnologia.

Uma das selecionadas, Ana Carolina do Valle, destaca que a oportunidade de estudar Administração na FGV EBAPE "abriu um mundo de oportunidades em sua carreira". “Foi após o meu primeiro estágio em uma startup que me apaixonei pela junção entre tecnologia e gestão. Essa parceria com o Hurb foi a chance perfeita para aprofundar meus conhecimentos em administração, já me permitindo focar naquilo que mais me encanta: a inovação através da tecnologia para gerar soluções que tenham um impacto real na vida de outras pessoas.”

Para a Bianca Lorençoni, que é do interior de São Paulo, recém-formada em administração pela FGV EBAPE, “a experiência no programa MiM tem sido transformadora e de intenso aprendizado, com constantes discussões de cases e incrível oportunidade de alinhar conhecimentos teóricos à aplicações em problemas reais, além de acessar perspectivas de alunos de diversos lugares do mundo”.

Um dos motivos que fizeram com que ela se inscrevesse no programa foi a proposta de aprendizado alinhando teoria e prática, pela grande perspectiva internacional e excelência da instituição. “Sem dúvida alguma, a bolsa do Hurb para fazer o mestrado será o principal vetor para acelerar minha carreira e aprimorar hard e soft skills que possibilitem futuramente ocupar cargos de liderança e gerenciar projetos, propondo soluções para problemas desafiadores de forma inovadora.”

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Sabrina Donatti: Precisamos de mais mulheres no poder

Mulheres empreendem por necessidade, e isso preocupa

Podcast A+: Mais diversidade e inclusão nas empresas - jornada urgente e necessária