A página inicial está de cara nova Experimentar close button

“IRB voltará ter resultado positivo em 2021”, afirma CEO

Antonio Cassio dos Santos falou ao Bússola Líderes sobre o processo de recuperação do IRB depois da maior crise financeira da história da companhia e ainda sobre seu futuro à frente da empresa

Com as medidas de saneamento econômico implementadas ao longo de 2020 e a descontinuidade de contratos não lucrativos, o IRB voltará a apresentar lucro em 2021. É o que afirma Antonio Cassio dos Santos, CEO e presidente do Conselho de Administração do IRB Brasil RE, em entrevista ao Bússola Líderes. “Diante da crise financeira e de credibilidade sem precedentes que herdamos da administração anterior, trabalhamos incansavelmente para apurar as irregularidades e reconstruir as finanças do IRB no segundo semestre do ano passado, o que nos permitiu chegar ao nível de liquidez recorde de R$ 8,4 bilhões, com patrimônio líquido de R$ 4,3 bilhões e a robustez de uma companhia de ativos de R$ 23 bilhões. Também demos início ao processo de expurgo de contratos que não geravam margem, ou seja, os negócios que eram deficitários desde a sua origem ou se tornaram deficitários de maneira recorrente nos últimos anos. Com todas essas ações, eu posso afirmar que já teremos resultado positivo em 2021”, declarou o executivo, destacando que o IRB planeja divulgar guidance após a a assembleia ordinária de acionistas em 29 de março. Ele ressaltou que 2022 será ainda melhor e marcará uma nova fase no futuro do ressegurador.

Antonio Cassio dos Santos assumiu o comando do IRB Brasil RE em março do ano passado, no momento mais delicado da companhia em seus mais de 80 anos. A empresa enfrentava a pior crise de credibilidade da história com denúncias de fraudes nos seus resultados contábeis. Sob a liderança de Cassio, o IRB conduziu um rigoroso processo de investigação para apurar as irregularidades da gestão anterior e fez um ajuste bilionário para voltar a obedecer ao enquadramento regulatório de índices de liquidez e cobertura de provisões técnicas definido pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

“Levantar R$ 4,8 bilhões em poucos meses parecia uma missão impossível. Como captar todo esse dinheiro em uma companhia com fiscalização especial da Susep, que enfrentava questionamento de credibilidade do mercado  e passava por um processo de repaginação do conselho e da diretoria, de revisão dos controles internos e de apuração das denúncias de fraudes? Nós conseguimos, e foi provavelmente o maior desafio da minha carreira”, afirmou Cassio. Sobre os obstáculos sucessivos a serem superados no processo de recuperação do IRB, ele disse que “parece um jogo de videogame, daquele tipo que você se mata para vencer uma fase e o alívio de ter passado por ela logo desaparece diante das dificuldades ainda maiores da fase seguinte."

Ao canal de entrevistas da Bússola, o executivo falou sobre investimentos do IRB no mercado local e citou projetos de infraestrutura previstos ou já em andamento no país com potencial de geração de negócios para a companhia: os marcos do gás e do saneamento, o leilão da tecnologia 5G e o descomissionamento de plataformas offshore. Cassio conversou ainda sobre a sua permanência como CEO do maior ressegurador da América Latina. “É um problema quando o líder senta na cadeira e não quer sair nunca mais de lá. Até que ponto me manter na posição de CEO do IRB pode caracterizar um apego – o que eu não quero para a minha vida – ou algo bom para os acionistas e a companhia? É uma reflexão que estou fazendo nesse momento, junto com a minha família e também com o conselho e a diretoria do IRB. O que for melhor para o futuro do IRB é o que vai acontecer”, concluiu.

Confira a entrevista completa do executivo a Rafael Lisbôa, diretor da Bússola, no Bússola Líderes – o novo canal de entrevistas em vídeo com as principais lideranças empresariais do país. O bate-papo é sempre publicado no YouTube da Bússola e no portal da Exame.

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

 

Mais da Bússola:

 

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também