Um conteúdo Bússola

Grupo DPSP lança programa de inovação de startups para setor de saúde

Batizado de Inova Viva Saúde, projeto selecionará empresas que tragam soluções inovadoras para o negócio; inscrições já estão abertas
Aceleração das startups tem duração de quatro meses (Germano Lüders/Exame)
Aceleração das startups tem duração de quatro meses (Germano Lüders/Exame)
B
Bússola

Publicado em 26/09/2022 às 08:29.

Última atualização em 26/09/2022 às 08:29.

O Grupo DPSP, união das marcas Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo, lançou no final de agosto, um programa de inovação inédito na companhia: o Inova Viva Saúde, voltado para aceleração de startups.

Para participar, é necessário que as propostas tenham sinergia com as áreas de supply chain, vendas, distribuição e relacionamento com o cliente. Serão selecionadas as startups que apresentarem as soluções mais eficientes, ágeis, inovadoras e tecnológicas para o setor de saúde. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 16 de outubro no portal do Viva Saúde Inova.

As empresas definidas no decorrer do processo serão aceleradas durante quatro meses e contarão com o apoio direto de um squad de especialistas em inovação e consultores de aceleração do Grupo DPSP, são eles: Bruno Magliano, Head/Executivo de Operações; Cristiano Hyppolito, Diretor TI & Digital; Emerson Kurebayashi, Head of Data & Analytics; Fernando Castro, Diretor de Logística; Flavian Soares, Head de Operações; e Renata Silva, Gerente de Produtos Digitais.

Além disso, os contemplados terão um conjunto de benefícios pensados para estimular o seu desenvolvimento, incluindo acesso à rede de contatos da Liga Ventures e possibilidade de se conectarem com potenciais parceiros e investidores para o seu negócio.

“Ao lançarmos um projeto inspirador como esse, conseguimos nos aproximar de startups para trazer diferenciais competitivos ao business do Grupo DPSP sem abrir mão do foco na saúde e cuidado.  O nosso intuito é estimular a multiplicidade de ideias, a diversidade de pensamentos, e o amadurecimento de espaços ativos de troca, criação e colaboração dentro da companhia”, afirma Cristiano Hyppolito, Diretor TI & Digital do Grupo DPSP.

Ao todo, são quatro temas elegíveis:

  • Inteligência de dados do paciente, tendo o desafio de integrar bases distintas, orquestrar dados internos e externos e entregar uma visualização única, de fácil consumo e com insights automatizados;
  • Experiência do cliente, com o intuito de buscar soluções para automatizar e padronizar os atendimentos digitais aos clientes e que facilitem e agilizem o pagamento nas lojas físicas a fim de reduzir filas
  • Marketplace de farmácias, que traz o desafio de estruturar uma plataforma de e-commerce unificada entre as farmácias de todo o Brasil, de forma a capturar pedidos online em sua totalidade e garantir a sua distribuição com agilidade;
  • Abastecimento inteligente, que busca soluções para uma alocação assertiva de produtos nas farmácias do Grupo DPSP a fim de evitar rupturas e otimizar os estoques.

“Estamos muito animados com o lançamento do programa de inovação em parceria com o Grupo DPSP, pois sabemos do compromisso que a empresa tem em fomentar esse ecossistema. Temos certeza de que a iniciativa trará muitos resultados positivos tanto para as startups selecionadas, quanto para os negócios do grupo”, diz Rogério Tamassia, cofundador da Liga Ventures.

Após a etapa para inscrições, a comissão fará a avaliação e entrevistas dos candidatos, para que em dezembro possa ocorrer o Pitch Day, onde as empresas selecionadas serão convidadas para apresentar as suas soluções, por meio de pitchs, para os representantes do Grupo DPSP e da Liga Ventures. A parte prática do programa tem início programado para janeiro de 2023.

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Alon Feuerwerker: O freio da pandemia

Podcast A+: Baixa cobertura vacinal traz de volta a ameaça de antigas doenças

Fernando Ângelo: a bolha das startups está estourando?