Bússola

Um conteúdo Bússola

Como o Novücard cresceu 400% e conquista 100 mil novos clientes ao mês

Após seis meses de lançamento, fintech planeja chegar à marca de 2 milhões de usuários até o fim de 2023

Startup se fortalece como alternativa para quem quer se planejar (Rawpixel/Thinkstock)

Startup se fortalece como alternativa para quem quer se planejar (Rawpixel/Thinkstock)

B

Bússola

Publicado em 30 de dezembro de 2022 às 17h00.

Última atualização em 30 de dezembro de 2022 às 17h19.

Por Bússola

Uma pesquisa realizada pela Akamai Technologies em parceria com a Cantarino Brasileiro, em outubro de 2022, revelou que cerca de 70% dos adultos brasileiros possuem contas tanto em algum banco tradicional quanto em um digital — um público que representava apenas 37% em 2020. O crescimento revelado na pesquisa pode surpreender alguns, mas não ao Novücard, um cartão de crédito voltado para os que querem ter uma vida financeira planejada. Com rápido crescimento desde o seu lançamento em versão beta em julho de 2022, o banco digital conquista 100 mil novos clientes ao mês, registrando um crescimento de 400% no ano.

A empresa foi criada em 2019 pelo americano Brad Liebmann, fundador e ex-CEO da Simply Business, corretora online de seguros empresariais do Reino Unido, e antigo vice-presidente sênior do Lehman Brothers, conhecido banco de investimento americano. Com o propósito de levar justiça financeira por meio de práticas justas, o Novücard foi inicialmente liberado para clientes ativos e com melhores colocações em sua lista de acesso antecipado. Na época, o produto já contava com uma lista de espera de mais de 200 mil clientes.

Com uma média de 3 mil novos clientes por dia, o Novücard finalizou sua lista de espera em outubro de 2022 e, desde então, liberou o acesso para os todos os interessados na proposta de sua ferramenta. “A demanda tem sido muito maior do que esperávamos, o que mostra que os brasileiros têm interesse em uma vida financeira planejada e que possa trazer bons frutos no longo prazo”, explica Brad Liebmann. “Nossa proposta foi criar um cartão de crédito único, com foco nas pessoas que já possuem alguma organização financeira, e que dê aos nossos clientes o controle de seus limites de crédito de uma forma planejada, além de oferecer vantagens significativas em relação aos cartões semelhantes”, afirma.

O cartão foi o primeiro no Brasil a oferecer limite de crédito dinâmico para que os clientes possam ajustar da melhor forma o controle de suas finanças pessoais. Desde o início de dezembro, os clientes Novücard que pagam as faturas integralmente e dentro do prazo, têm um real em aumento de limite de crédito, para cada R$ 100 gastos. “Ao incentivar o pagamento total da fatura todos os meses e acumular rendimentos, em vez de pagar taxas predatórias, ajudamos nossos clientes e suas famílias a construir um patrimônio”, diz o fundador.

Em vista da crescente procura pela solução, a empresa planeja encerrar o ano de 2023 com a marca de 2 milhões de usuários. “Os bons pagadores, pela primeira vez, verão o impacto de seu planejamento financeiro refletido automaticamente em seus limites de crédito. Isto mostra nosso comprometimento em incentivar e premiar nosso público planejado”, declara o especialista.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Glaucia Guarcello: Por um ano novo mais inovador

Startup oferece serviços de design com entrega em 24 horas

A arte de transformar bicos em negócios de sucesso

Acompanhe tudo sobre:gestao-de-negociosInovaçãoStartups

Mais de Bússola

Julho sem plástico: não basta reciclar, é preciso reduzir o descarte

Fabricante de pás eólicas investe R$ 65 mi em estratégia, atende ESG e prevê receita de R$ 11 bi

Bússola & Cia: casas de plástico são construídas por Airbnb, ONG e Fuplastic

Metade dos investidores compra criptomoedas com foco no longo prazo, mostra pesquisa da Binance

Mais na Exame