Bússola

Um conteúdo Bússola

Bahia veste camisa rosa e distribui 2 mil mamografias

Em parceria com a Acelen e o Grupo CAM, o clube promove ação pela prevenção contra o câncer de mama, o mais frequente entre mulheres no Brasil

João Soares, Guilherme Bellintani, Poliana Jesus e Marcelo Lyra (Bússola/Divulgação)

João Soares, Guilherme Bellintani, Poliana Jesus e Marcelo Lyra (Bússola/Divulgação)

B

Bússola

Publicado em 21 de outubro de 2022 às 13h30.

Última atualização em 21 de outubro de 2022 às 14h23.

Em uma jogada ensaiada contra o câncer de mama, a Acelen, o Esporte Clube Bahia e o Grupo CAM vão disponibilizar 2 mil mamografias como apoio à campanha Outubro Rosa, de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce da doença. A parceria foi anunciada na última quarta-feira 19 de outubro, na Arena Fonte Nova, quando o Bahia também lançou sua camisa #OutubroRosa, alusiva ao movimento.

Do total de exames, 1,5 mil serão oferecidos pela Acelen de forma gratuita a mulheres das comunidades do entorno da Refinaria de Mataripe. Outros 500 serão distribuídos para torcedores do clube que adquirirem a nova camisa do Bahia.

O câncer de mama é o tipo mais frequente da doença na mulher brasileira. Exames preventivos, como a mamografia, são fundamentais para prevenção e diagnóstico precoce, aumentando a possibilidade de cura. Apenas neste ano, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima cerca de 66 mil novos casos da doença no Brasil, podendo chegar a 17 mil mortes. Na Bahia, serão quase 3,5 mil novos registros, segundo o Inca. Apesar da expressividade dos números, avanços no diagnóstico e no tratamento reforçam as chances de cura, que são superiores a 90% se o câncer de mama for descoberto precocemente.

Suporte para marcação de exames

“Esta é mais uma ação da Acelen que reforça o nosso compromisso com as comunidades do entorno da refinaria e questões importantes para a saúde e o bem-estar das pessoas", afirmou o VP de Relações Institucionais, Comunicação e ESG da empresa, Marcelo Lyra.

Para apoiar as comunidades, a Acelen também dará suporte na marcação das 1,5 mil mamografias, totalmente gratuitas, com cadastro e agendamento. O público-alvo são mulheres entre 40 e 69 anos que não fizeram o exame no último ano.

Já para as tricolores, as 500 primeiras que comprarem a camisa do outubro rosa na loja do Esquadrão receberão um voucher que dá direito a uma mamografia em uma das unidades do Grupo CAM.

"Homenagear a causa é importante, promover conscientização nas pessoas também, mas realizar uma ação concreta de impacto social é ainda mais relevante, algo que sempre buscamos", disse o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani.

Os exames serão realizados em uma das cinco unidades do CAM, sendo quatro em Salvador e uma no município de Lauro de Freitas. Após os exames, as pacientes sem plano de saúde que precisarem de uma avaliação diagnóstica mais aprofundada serão encaminhadas ao Hospital Aristides Maltez, instituição reconhecida no tratamento de câncer de mama, também parceira do projeto.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Acompanhe tudo sobre:BahiaEsportesqualidade-de-vidaSaúdeSustentabilidade

Mais de Bússola

Bússola Poder: políticos do mundo, uni-vos. Outros pagam a conta

Campos do Jordão ganha exposição do artista plástico Renot

Lacuna no setor será chave para essa empresa de bairros planejados vender R$ 300 mi

Oi aposta em estratégia ESG para acelerar processo de recuperação judicial

Mais na Exame