Brasil

'Vamos fazer o carnaval dos carnavais em 2022', diz prefeito do Rio

Meta da prefeitura é vacinar 90% dos adultos cariocas até outubro

 (Tomaz Silva/Agência Brasil)

(Tomaz Silva/Agência Brasil)

AO

Agência O Globo

Publicado em 15 de maio de 2021 às 08h52.

Depois de anunciar a meta de vacinar 90% dos adultos cariocas até outubro, assim como a realização de eventos-teste que podem incluir shows e espetáculos de grandes proporções, o prefeito Eduardo Paes voltou a dizer que o Rio pode ter carnaval no ano que vem. "Tudo dando certo e com vacina no braço, vamos fazer o carnaval dos carnavais em 22!", escreveu o prefeito no Twitter na noite desta sexta-feira.

"Se as coisas seguirem andando como estão, vamos cumprir o calendário para todos até outubro. No Rio é: chegou, vacinou!", disse ainda. "Bora vacinar, bora vencer essa guerra e bora fazer nossa cidade voltar a dar certo!", completou Paes.

Os cientistas, contudo, pedem cautela. Segundo Lígia Bahia, especialista em Saúde Pública da Fiocruz, ainda não há “contexto epidemiológico” para pensar em grandes festas para 2022:

— A situação epidemiológica do Rio ainda não está sob controle. A cidade precisa ter outras prioridades.

Nesta sexta-feira, na entrevista coletiva de divulgação do 19º boletim epidemiológico, o prefeito mencionou também a possibilidade de o município ter réveillon já em 2022. A previsão se baseia no novo cronograma de vacinação da prefeitura, que Paes, otimista, classificou como "conservador". Segundo a prefeitura, a meta é vacinar, até o dia 23 de outubro, 4.751.823 cariocas com 18 anos ou mais.

Para que o calendário seja cumprido, contudo, é necessário que o Ministério da Saúde mantenha os prazos de entrega anunciados no Programa Nacional de Imunizações (PNI), frisou Paes.

— Claro, isso tudo depende da chegada do imunizante, da chegada da vacina. A gente tem tido estabilidade na entrega da AstraZeneca — disse o prefeito. — Se eu pudesse definir (o sentimento), seria "a gente vai ter carnaval". Se conseguirmos (cumprir o calendário), vamos ter réveillon, vamos ter carnaval.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

Acompanhe tudo sobre:CarnavalCoronavírusEduardo PaesPandemiaRio de JaneiroSaúde no Brasil

Mais de Brasil

Roberto Jefferson paga R$ 40 mil à PF por conserto de viatura que atingiu com 42 tiros

Brasil inclui luta contra racismo pela 1ª vez na agenda do G20

AliExpress e Shopee antecipam data de taxação de compras de até US$ 50; veja quando passa a valer

PM impõe 100 anos de sigilo a processos disciplinares de Mello, candidato a vice de Nunes em SP

Mais na Exame