Um ciclista morre por dia em São Paulo

Segundo a Secretaria de Saúde, a rede pública recebe diariamente nove ciclistas vítimas de algum acidente

São Paulo - Estudo da Secretaria de Saúde de São Paulo, divulgado nesta quinta-feira (28), apontou que a rede pública de hospitais do Estado recebe, diariamente, cerca de nove ciclistas que foram vítimas de algum acidente de trânsito enquanto pedalavam. Desses, pelo menos, um morre a cada 24 horas.

Ainda de acordo com o levantamento, entre aqueles que sobrevivem aos acidentes, 40% ficam com alguma sequela, como mobilidade reduzida em uma mão ou perna. Os acidentados geram um custo de cerca de R$ 3,25 milhões para o Estado, anualmente.

Para aqueles que colocam a culpa dos acidentes com ciclistas nos motoristas de veículos maiores, o estudo ainda traz um alerta: 90% dos atendidos na rede pública de hospitais do Estado de São Paulo no último ano estavam pedalando sem capacete.

De acordo com especialistas, a falta de uso de equipamentos de proteção e sinalização também agrava os acidentes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.