Senado aprova Leonardo Porciúncula para a presidência da CVM

Na sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos, Leonardo Porciúncula prometeu se empenhar para aumentar a transparência no mercado e aumentar a importância da CVM

Brasília – O Senado Federal aprovou hoje (17) a indicação do engenheiro e economista Leonardo Porciúncula Gomes Ferreira para a presidência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Porciúncula havia sido sabatinado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) em agosto e hoje teve seu nome aprovado, simbolicamente, pelo plenário do Senado. Na sabatina na CAE, Porciúncula prometeu se empenhar para aumentar a transparência no mercado e aumentar a importância da CVM.

Relator da indicação na CAE, o senador Francisco Dornelles (PP-RJ) disse que a presidência da CVM aumenta de importância no momento de crescimento do mercado de capitais, que se tornou fonte relevante de recursos para investimentos pelas empresas do Brasil. O novo presidente da CVM já exerceu cargos de executivo em empresas privadas e foi vice-presidente da empresa aérea Gol.

Na mesma sessão, os senadores também aprovaram, em votação simbólica, o nome do diplomata Nei Futuro Bitencourt para, cumulativamente, ocupar os cargos de embaixador em Camarões e Chade.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.