PF abre inquérito para apurar boatos do Bolsa Família

Boatos davam conta de que o benefício iria acabar

Brasília – A Polícia Federal instaurou, no Distrito Federal, inquérito para apurar os boatos segundo os quais o Bolsa Família, programa de transferência de renda do governo federal, iria acabar. A PF informou que inicialmente ouvirá as primeiras pessoas que sacaram os benefícios nos Estados do Nordeste.

No sábado, 18, e no domingo, 19, os rumores do fim do bolsa família levaram milhares de pessoas a realizarem saques. O tumulto fez com que a Caixa liberasse o adiantamento do benefício, embora no fim de semana estivesse previsto o pagamento apenas para os beneficiários portadores do cartão terminados em 1.

Hoje, no entanto, o banco já deixou de permitir o adiantamento e as pessoas só podem receber de acordo com o calendário originalmente previsto.

De acordo com o banco, R$ 152 milhões em benefícios do Bolsa Família foram sacados em todo o Brasil no final de semana. Ainda segundo o banco, responsável por repassar o benefício, foram registrados 920 mil saques entre o sábado e o domingo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.