Partidos têm até sexta-feira para fazer convenções e lançar candidatos

Até agora, 10 nomes foram confirmados para concorrer à Presidência da República; partidos têm até 15 de agosto para registrar os candidatos na Justiça Eleitoral
 (Fabio Pozzebom/Agência Brasil)
(Fabio Pozzebom/Agência Brasil)
A
Alessandra Azevedo

Publicado em 01/08/2022 às 06:00.

Última atualização em 01/08/2022 às 12:50.

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia.

Acaba nas sexta-feira, 15, o período de convenções partidárias, quando as legendas lançam os candidatos para as eleições deste ano. Desde o início do prazo, em 20 de julho, 10 nomes foram confirmados em convenções para concorrer à Presidência da República. As siglas têm até 15 de agosto para registrar os candidatos na Justiça Eleitoral.

No fim de semana, quatro candidaturas foram oficializadas. As de Felipe D'Ávila (Novo) e Sofia Manzano (PCB), no sábado, e as de Pablo Marçal (Pros) Vera Lúcia (PSTU), no domingo

Além deles, já confirmaram as candidaturas Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL)Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB) e Leonardo Péricles (UP). O Democracia Cristã deve lançar Eymael nos próximos dias.

A convenção do União Brasil está prevista para sexta-feira, mas o deputado federal Luciano Bivar, que foi anunciado como pré-candidato, desistiu de concorrer à Presidência da República. Ele deve tentar uma vaga na Câmara dos Deputados. O partido pode colocar a senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS) para disputar o Planalto. A sigla também negocia apoiar a candidatura de Lula.

A pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA mais recente, divulgada em 21 de julho, mostra Lula com 44% das intenções de voto e Bolsonaro com 33%. Ciro Gomes tem 8%, e Simone Tebet, 4%. Janones fez 2%. Os demais nomes testados pontuaram 1% ou ficaram abaixo disso.

O primeiro turno das eleições está marcado para 2 de outubro, enquanto o segundo, se houver, será em 30 de outubro.  Saiba mais sobre os candidatos e pré-candidatos à Presidência da República.