Brasil

Os problemas mais graves para os paulistanos? Segurança e serviços de saúde precários, aponta Gerp

A pesquisa mostra que 46% dos entrevistados apontaram a segurança como o principal problema de São Paulo

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 19 de junho de 2024 às 10h03.

Última atualização em 19 de junho de 2024 às 11h31.

Tudo sobreEleições 2024
Saiba mais

A violência e falta de policiamento é apontada pela população da cidade de São Paulo como o principal problema da cidade, segundo dados da pesquisa do instituto Gerp, divulgada em primeira mão pela EXAME. A falta de atendimento nos serviços de saúde aparece como a segunda maior preocupação entre os paulistanos.

A pesquisa mostra que 46% dos entrevistados apontaram a segurança como o principal problema de São Paulo, enquanto 30% afirmam que a falta de médico e profissionais de saúde é o "calcanhar de Aquiles" da cidade.

Escolas e colégios com baixa qualidade de ensino aparecem com 25%, a falta de hospitais e postos de saúde são apontados por 24%, e transporte coletivo ruim é listado por 19% dos entrevistados.

LEIA MAIS:

Os problemas mais graves para os paulistanos? Segurança e serviços de saúde precários, aponta Gerp

Boulos lidera entre jovens e idosos e Nunes vai melhor entre adultos, aponta Gerp

Governo Tarcísio é aprovado de 58% e reprovado por 31% na cidade de SP, aponta pesquisa Gerp

Governo Lula é aprovado por 43% e reprovado por 47% na cidade de SP, aponta pesquisa Gerp

Pesquisa para prefeito de SP: Nunes tem 21%; Boulos, 20%; Marçal, 9%; Datena, 9%; Tabata, 9%; e Kim, 6%

Historicamente, a saúde e a educação são elencadas pela população em pesquisas de opinião como os principais problemas do país.

Com o aumento da sensação de insegurança nos últimos anos, a segurança pública lidera a preocupação do paulistano.

A criação de políticas públicas na área de segurança é atribuição primária do governo do estado e da União. Apesar disso, os pré-candidatos ensaiam a apresentação de medidas para o tema.

Outros problemas de São Paulo

Outros problemas, como desemprego, moradores de rua, falta de moradia, trânsito, custo de vida alto, saneamento, obras inacabadas e Cracolândia também são apontadas pelos eleitores como problemas da cidade de São Paulo.

A pesquisa Gerp foi registrada no TSE como SP-02254/2024 e ouviu 1.000 pessoas em 407 bairros da cidade entre os dias 13 e 17 de junho, usando a abordagem CATI (entrevista telefônica assistida por computador). A margem de erro é de 3,16 pontos percentuais para um nível de confiança de 95,55%.

Eleições 2024: polarização ou discutir a cidade?

yt thumbnail
Acompanhe tudo sobre:Pesquisas eleitoraisEleições 2024

Mais de Brasil

PM impõe 100 anos de sigilo a processos disciplinares de Mello, candidato a vice de Nunes em SP

Quem é Eduardo Cavaliere, o mais cotado para vice de Paes após recuo de Pedro Paulo

Lula cobra pedido de desculpas de Milei e diz que relação entre países depende da postura argentina

Bolsonaro confirma presença em convenção do MDB que oficializa chapa de Nunes e Mello em SP

Mais na Exame