Brasil

Nunes tem 21% e Boulos, 20%; Marçal, Datena, Tabata e Kim estão empatados tecnicamente, aponta Gerp

A pesquisa mostra que a entrada de Datena e Pablo Marçal embaralha a disputa pela prefeitura de São Paulo

Boulos e Nunes: os dois pré-candidatos aparecem empatados na liderança (Leandro Fonseca/Exame)

Boulos e Nunes: os dois pré-candidatos aparecem empatados na liderança (Leandro Fonseca/Exame)

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 19 de junho de 2024 às 09h59.

Última atualização em 25 de junho de 2024 às 09h28.

Tudo sobreEleições 2024
Saiba mais

O atual prefeito de São Paulo e pré-candidato à reeleição, Ricardo Nunes (MDB), tem 21% das intenções de voto na capital e o deputado federal, Guilherme Boulos (PSOL), 20%, de acordo com a pesquisa do instituto Gerp, divulgada em primeira mão pela EXAME. Pela margem de erro da pesquisa, há empate técnico entre os dois pré-candidatos.

O influenciador Pablo Marçal (PRTB) e o apresentador José Luiz Datena (PSDB) aparecem com 9%. Na sequência, Tabata Amaral (PSB) tem 6% e Kim Kataguiri (União) aparece com 3%. Os quatro candidatos estão empatados tecnicamente na terceira posição. Marina Helena (NOVO) tem 2% e Altino Prazeres (PSTU) aparece zerado no levantamento.

O número de eleitores que afirmam que não vai votar em nenhum dos candidatos é de 13%, enquanto quem diz que não sabe ou não responde chega a 17%.

  • Ricardo Nunes (MDB): 21%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 20%
  • Pablo Marçal (PRTB): 9%
  • Datena (PSDB): 9%
  • Tabata Amaral (PSB): 6%
  • Kim Kataguiri (União): 3%
  • Marina Helena (NOVO): 2%
  • Altino Prazeres (PSTU): 0%
  • Nenhum deles: 13%.
  • Não sabe/não respondeu: 17%

O levantamento mostra que o atual prefeito vai melhor na zona sul, seu reduto eleitoral, quando registra 23%, seguido por Boulos com 16%.

LEIA MAIS: Eleições: PL e PT vão receber os maiores valores do fundo eleitoral; veja valor para cada partido

O psolista, por sua vez, lidera na zona oeste com 26% contra 14% de Nunes. Nas outras regiões da cidade, os dois pré-candidatos aparecem tecnicamente empatados na liderança.

Outro destaque no recorte regional é Tabata Amaral, que marca 20% na região central da cidade. Esse é o único segmento que coloca a deputada na terceira posição de forma isolada. Pablo Marçal se destaca no norte da cidade de São Paulo, onde registra 17%.

LEIA TAMBÉM:

Os problemas mais graves para os paulistanos? Segurança e serviços de saúde precários, aponta Gerp

Boulos lidera entre jovens e idosos e Nunes vai melhor entre adultos, aponta Gerp

Governo Tarcísio é aprovado de 58% e reprovado por 31% na cidade de SP, aponta pesquisa Gerp

Governo Lula é aprovado por 43% e reprovado por 47% na cidade de SP, aponta pesquisa Gerp

Idade

No recorte por idade, Nunes vai pior entre os mais novos. Na faixa entre 18 e 24 anos, o atual prefeito tem apenas 10% das intenções de voto, e fica na terceira posição.

Boulos, com 20%, e Pablo Marçal, com 19%, lideram nesse recorte da população. A maioria dos jovens, cerca de 48%, apontam que não votar em nenhum das opções. Entre as pessoas acima de 35 anos, Nunes lidera. Boulos fica à frente entre os idosos. Marçal tem o seu pior desempenho entre os adultos e idosos, grupo no qual marca apenas 4%.

No recorte por renda familiar, Nunes fica numericamente à frente em quase todos os segmentos, com Boulos se destacando com folga apenas entre as pessoas que recebem mais de 30 salários mínimos.

Mais de 20% das pessoas que recebem até um salário mínimo não querem escolher nenhum dos candidatos informados.

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando o entrevistado afirma a preferência eleitoral por conta própria, Nunes aparece com 13%, seguido de Boulos, com 10%.

Pablo Marçal tem 4% das intenções. Datena, Tabata Amaral e Kim Kataguiri aparecem com 1% cada.

O número de pessoas que afirma que ainda não sabem em que votar nesse recorte é de 67%. 

A pesquisa Gerp foi registrada no TSE como SP-02254/2024 e ouviu 1.000 pessoas em 407 bairros da cidade entre os dias 13 e 17 de junho, usando a abordagem CATI (entrevista telefônica assistida por computador). A margem de erro é de 3,16 pontos percentuais para um nível de confiança de 95,55%.

Eleições 2024: polarização ou discutir a cidade?

yt thumbnail
Acompanhe tudo sobre:Eleições 2024Estado de São Paulosao-pauloRicardo NunesGuilherme BoulosTabata AmaralJosé Luiz DatenaKim Kataguiri

Mais de Brasil

União Europeia doa 20 milhões de euros ao Fundo Amazônia

Novo lança candidatura de Carol Sponza à prefeitura do RJ com apelo ao voto feminino

Após cobrança de estudantes por causa e obra inacabada, Lula vai a novo evento em universidade de SP

Nunes se refere a Boulos como ‘vagabundo’ e ‘sem-vergonha’ durante convenção do PL em SP

Mais na Exame