No Twitter, Maduro expressa solidariedade a Lula por ataque à caravana

Ele concluiu a mensagem dizendo que o ataque estaria relacionado ao "medo de perder o poder e escutar a vontade do povo"

São Paulo - Pelo Twitter, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, expressou "solidariedade" ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e "ao povo brasileiro" após o ataque a tiros à caravana do petista pelo Sul do País.

"A democracia está sendo atacada com pedras e balas no país irmão", escreveu o líder chavista. Ele concluiu a mensagem dizendo que o ataque estaria relacionado ao "medo de perder o poder e escutar a vontade do povo".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.