Não sou e não serei candidato, diz Temer a rádio

O atual presidente disse ainda que essa decisão vai alongar-se pelo tempo todo

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira que não será candidato à reeleição, e que o decreto para intervir na segurança pública do Rio de Janeiro não foi “jogada eleitoral”.

“Eu não sou candidato”, disse Temer em entrevista à rádio Bandeirantes. “A minha intenção de hoje vai alongar-se pelo tempo todo. Eu não serei candidato”.

Questionado sobre o possível impacto da intervenção na segurança do Rio de Janeiro na eleição deste ano, Temer garantiu que decisão não foi eleitoral.

“É uma jogada de mestre, mas não é eleitoral. Não tem nada de eleitoral nesta questão”, disse.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.