Brasil
Acompanhe:

Lula: 'Queria pedir que pessoas voltem para casa; democracia é isso'

Lula disse o País tem "um vencedor e um perdedor", destacando que "uma derrota é apenas um incentivo para me preparar melhor para outra disputa eleitoral"

Lula: Presidente eleito fez um discurso em Brasília nesta quinta-feira, 10 (Danilo Martins Yoshioka/Anadolu Agency/Getty Images)

Lula: Presidente eleito fez um discurso em Brasília nesta quinta-feira, 10 (Danilo Martins Yoshioka/Anadolu Agency/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2022, 13h10

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu que as pessoas que se manifestam contra sua vitória desde semana passada "voltem para casa". "Democracia é isso. Um ganha, outro perde", afirmou em um encontro com parlamentares no Centro Cultural Banco do Brasil, sede do governo de transição em Brasília.

"Algumas pessoas inconformadas com resultado eleitoral estão na frente de quartéis", disse, completando que, "lamentavelmente são uma minoria que não sabe nem o que pede".

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

"Não sejam violentos com quem pensa diferente, vamos respeitar quem não pensa como nós. Não peço para ninguém gostar de mim, mas para respeitar o resultado eleitoral", pediu o petista.

Lula disse o País tem "um vencedor e um perdedor", destacando que "uma derrota é apenas um incentivo para me preparar melhor para outra disputa eleitoral". Para ele, o presidente Jair Bolsonaro "tem dívida com povo". "Peça desculpas pelas mentiras" completou.

VEJA TAMBÉM: