Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

ÀS SETE - Um tiroteio em uma igreja no Texas, deixou no mínimo 26 mortos e diversos feridos na manhã deste domingo

“Emprego depende de cortes de direitos”

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho, afirmou em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que é necessário reduzir direitos para garantir empregos. Ao comentar a reforma trabalhista, que entra em vigor dia 11, Gandra disse qeu modernizar a legislação era uma necessidade do país, e que o novo texto deu segurança jurídica, essencial para o Brasil atrair investidores numa época de crise como a que o Brasil enfrenta. O ministro também afirmou não ver problema em trecho da reforma trabalhista que estabelece indenização por dano moral com valor proporcional ao salário.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

Paradise papers

Ao menos dois ministros do governo de Michel Temer foram citado em um grande vazamento de informações de contas offshore do escritório de advocacia Appleby: Henrique Meirelles, da Fazenda, e Blairo Maggi, da Agricultura. O vazamento, batizado de Paradise Papers, envolve figuras importantes, como o presidente americano, Donald Trump. Os dados envolvem 1,4 terabytes de informações e foram encaminhados por fontes anônimas ao jornal alemão Süddeutsche Zeitung e compartilhados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. Meirelles afirma que sua offshore está registrada. Maggi também negou irregularidades.

EUA: 26 mortos em igreja

Um tiroteio na igreja Batista da cidade de Sutherland Springs, a 45 km da cidade de San Antonio no Texas, deixou no mínimo 26 mortos e diversos feridos na manhã deste domingo, de acordo com a BBC. Um homem chegou no estabelecimento por volta das 11h30 do horário local (15h30 em Brasília). Uma testemunha que estava próxima a igreja ouviu por volta de 20 disparos. O homem deixou o local do crime em um carro e foi perseguido pela polícia. Depois disso, foi encontrado morto. Ele foi identificado como Devin Kelley, de 26 anos, é um ex-professor de estudos bíblicos e foi expulso da Força Aérea dos Estados Unidos. Em visita ao Japão, o presidente americano, Donald Trump, afirmou que a morte não tem relação com o fácil acesso a armas de fogo no país. Foi o 35o ataque no país em 35 dias.

Príncipes presos

O comitê anticorrupção da Arábia Saudita, criado neste sábado pelo rei Salman bin Abdul Aziz, decretou a prisão de 11 príncipes, quatro ministros e vários ex-ministros, segundo a emissora Al Arabiya. Comandado pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, o órgão tem como objetivo investigar casos de corrupção que foram detectados no país. O comitê tem autorização para prender, proibir de viajar, congelar contas e tomar outras medidas preventivas contra investigados antes que os processos cheguem à Justiça. Entre os presos, estão o príncipe bilionário Alwaleed bin Talal, que possui a empresa de investimentos Kingdom Holding, e o ex-ministro das Finanças saudita, Ibrahim al-Assaf.

A candidata do PCdoB

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) lançou, neste domingo, a deputada gaúcha Manuela D’Ávila como pré-candidata à Presidência para as eleições do próximo ano. Manuela já foi deputada federal em dois mandatos e hoje ocupa uma cadeira na Assembleia do Rio Grande do Sul, atuando em temas como direito das mulheres e direitos humanos. Ela foi a deputada estadual mais votada em 2014 no estado com 222.436 votos. O PCdoB já vinha discutindo a necessidade de uma candidatura própria sem depender do Partido dos Trabalhadores (PT), que tem a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apesar de favorito nas pesquisas, ainda incerta.

1,5 milhão sob risco

Cerca de 1,5 milhão de servidores estaduais correm o riso de não receber o 13o salário até o fim do ano. Em situação fiscal delicada, os estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Minas Gerais já enfrentam dificuldades mensalmente para levantar recursos para arcar com a folha de pagamento e seus funcionários devem penar para receber o salário extra, segundo a revista VEJA. No Piauí, os servidores públicos já receberam 50% do 13o, mas o governo ainda não sabe como fazer para pagar a segunda parcela. No Rio Grande do Sul, será o terceiro ano consecutivo em que os funcionários não receberão no prazo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.