CPI da Petrobras começa a ouvir ex-SBM na Inglaterra

O ex-executivo da SBM Offshore Jonathan David Taylor, será ouvido pela comissão

Farnborough, 19 - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras começou a ouvir na manhã desta terça-feira, 19, o ex-executivo da SBM Offshore Jonathan David Taylor em um hotel em uma cidade nos arredores de Londres.

A pedido de Taylor, o depoimento será fechado à imprensa. O britânico chegou ao local sem falar com a imprensa. Oito deputados da CPI estão na Inglaterra para colher o depoimento.

Parlamentares querem ter detalhes sobre o esquema de pagamento de propinas a funcionários da petroleira, em especial a denúncia de que a Controladoria Geral da União (CGU) recebeu provas sobre a denúncia, mas só abriu processo após a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

O depoimento começou pouco depois das 13h40 horário local (9h40 no horário de Brasília).

O vice-presidente da CPI, deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA), ressaltou mais uma vez que Taylor tem "demonstrado interesse muito grande em contribuir com a CPI".

Imbassahy lembra que Taylor não é acusado de nada e será ouvido apenas como um colaborador da investigação. "Por isso, não queremos constrangê-lo", disse o vice-presidente da Comissão.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.