• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Após governo mudar sistema, mortes diárias por covid-19 caem 38%

Segundo secretários da Saúde dos estados, o governo federal passou a exigir informações adicionais na atualização de óbitos causados pelo coronavírus
 (Getty Images/Andre Coelho/Bloomberg)
(Getty Images/Andre Coelho/Bloomberg)
Por Gilson Garrett JrPublicado em 24/03/2021 20:01 | Última atualização em 24/03/2021 20:01Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O Ministério da Saúde divulgou um balanço nesta quarta-feira, 24, com os números da pandemia de covid-19 no Brasil, de acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde. O país tem 300.685 óbitos e 12.220.011 casos confirmados da doença.

O balanço, atualizado às 19 horas, mostra que no período de um dia foram registradas 2.009 vítimas e 89.992 testes reagentes para o coronavírus. O número de mortes é 38% menor que o registrado na terça-feira, quando bateu recorde e ficou em 3.251.

Uma mudança no Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe), do Ministério da Saúde, fez com que os números de mortes caíssem. Segundo secretários da Saúde dos estados, o governo federal passou a exigir informações adicionais, como CPF e cartão de vacinação do SUS, na atualização de óbitos causados pela covid-19. A mudança não afetou o registro de casos.

Com isso, muitas prefeituras não conseguiram contabilizar todas as informações em tempo hábil. Questionado em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que não sabia da decisão de alterar os registros dentro do sistema, e que iria verificar o que houve.

Vacinação

Segundo o levantamento feito pelo consórcio de imprensa, 13.389.523 pessoas já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. Este valor é a soma dos 26 estados mais o Distrito Federal e equivale a 6,36% da população brasileira.

Os dados são compilados pelo consórcio de imprensa que reúne UOL, Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra.

Novo ministro diz que vai vacinar 1 mi por dia

Em sua primeira entrevista como ministro da Saúde após a oficialização, o médico Marcelo Queiroga se comprometeu, nesta quarta-feira, 24, a acelerar em pelo menos três vezes a quantidade de pessoas vacinadas contra a covid-19 diariamente. Sem dar datas, ele disse que esta meta será cumprida em um “curto prazo”.

“Nós temos condições de vacinar muitas pessoas. Nesse momento, vacinamos 300.000 pessoas todos os dias, e o governo assume o compromisso de, em curto prazo, aumentar em pelo menos três vezes essa velocidade, para 1 milhão de vacinas todo dia. É uma meta plausível. Temos capacidade de fazer até mais, mas não quero me comprometer com algo que depende de mais vacinas”, disse ele em entrevista coletiva.