A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Com 3 mil mortes, Brasil já responde por 1/3 de óbitos por covid no mundo

Há mais de duas semanas, país é o que registra mais novos casos e mortes por covid-19 em todo o mundo; já são 12.136.615 casos e 298.843 óbitos desde o início da pandemia

Nas últimas 24 horas, 3.158 brasileiros morreram em decorrência da covid-19, segundo dados do Consórcio de Veículos de Imprensa. É a primeira vez, desde o início da pandemia, que o Brasil ultrapassa a marca de 3 mil mortos. Com o número, o país já responde por cerca de 1/3 das mortes por covid em todo o mundo - na última quinta (18), o planeta passou a marca das 10 mil mortes diárias.

No total, desde o início da pandemia o Brasil já perdeu 298.843 vidas para a covid-19. A média móvel de mortes, que contabiliza a média dos registros dos últimos sete dias, bateu um novo recorde, chegando a 2.349 - número 43% maior do que 14 dias atrás.

O número de novos casos da covid-19 também alcançou um novo recorde. Nas últimas 24 horas, foram 84.996  novos diagnósticos da doença, elevando a média móvel de casos para 75.288. O dado representa uma alta de 9 em relação ao dado de duas semanas atrás.

Há mais de duas semanas, o Brasil é o país que registra mais novos casos e mortes diárias por covid-19 em todo o mundo. O país ultrapassou inclusive os Estados Unidos que, ao vacinar milhões de cidadãos por dia, tem assistido a uma queda significativa nos números da doença - nesta mesma terça (22), o país registrou 590 mortes.

No Brasil, um novo ministro da Saúde, o médico Marcelo Queiroga, foi empossado às pressas após dias de indefinição em relação ao comando da pasta, até então chefiada pelo General Eduardo Pazuello. Após ser duramente criticado pelo empresariado e por economistas das mais diversas vertentes, e também sofrer um revés no Supremo Tribunal Federal, o presidente Jair Bolsonaro fará um pronunciamento em rede nacional, às 20h30, para exaltar campanha de vacinação - que, entretanto, está atrasada.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também