Assista à delação premiada dos executivos da JBS

Depoimento de irmãos Batista traz acusações que implicam Temer, Aécio e Rodrigo Rocha Loures

São Paulo - O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou no início da tarde desta sexta-feira (19) a íntegra da delação premiada de sete executivos da JBS, incluindo os empresários Joesley e Wesley Batista, controladores do Grupo J&F. (Leia: Temer será investigado por corrupção e obstrução da Lava Jato)

Segundo a Agência Brasil, o documento tem cerca de 2 mil páginas. Os depoimentos foram gravados em vídeo.

No depoimento, os executivos citam  o presidente Michel Temer, os ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, os ministros Gilberto Kassab (PSD) e Marcos Pereira (PRB), o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), José Serra (PSDB-SP) e Marta Suplicy (PMDB-SP), entre outros.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.