A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Zynga reajusta medição de tempo de jogo de usuários

Como parte do ajuste, a companhia acrescentou 7,5 milhões de dólares a sua receita do trimestre findo em 31 de março de 2011

Nova York - A Zynga, produtora de populares jogos do Facebook como o Farmville, afirmou que está mudando a forma como mede o tempo médio de jogo dos usuários que pagam pelo serviço, e que contratou uma linha de crédito rotatório no valor de 1 bilhão de dólares.

A companhia, que fez um pedido de uma oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês), em 1o de julho que pode movimentar até 1 bilhão de dólares, afirmou em um documento nesta quinta-feira que encontrou um ponto fraco significativo em seus resultados financeiros.

Ela reformulou o modo como mede o tempo médio de jogo dos usuários de seu serviço pago. Como parte do ajuste, ela acrescentou 7,5 milhões de dólares a sua receita do trimestre findo em 31 de março de 2011.

Pela primeira vez, a companhia afirmou ter um acordo para contratar uma linha de crédito rotativo de até 1 bilhão de dólares.

No documento, a Zynga mostrou que a composição de sua receita se tornou mais balanceada e menos dependente de seus principais jogos. Seus três principais títulos responderam por 93 por cento da receita em 2008, 83 por cento em 2009 e 78 por cento em 2010. No primeiro trimestre de 2011, os três principais jogos contribuíram com 63 por cento da receita.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também