WhatsApp pode permitir pagamentos via criptomoedas

Facebook estaria desenvolvendo um tipo de criptomoeda para o aplicativo

São Paulo - O Facebook está desenvolvendo um tipo de criptomoeda para permitir pagamentos e transferência de dinheiro via mensagens no WhatsApp. As transações seriam feitas por um tipo de criptomoeda, as “stablecoins”, mais estáveis e resistentes à volatilidade que as bitcoins. A informação vem de fontes ligadas à Bloomberg.

Apesar de ter banido anúncios de criptomoedas em sua plataforma no início deste ano por considerá-los um tipo de “prática promocional enganosa”, o Facebook parece não descartar seu uso no futuro. A ideia da empresa é permitir a transferência de dinheiro dentro do serviço criptografado de mensagens do WhatsApp.

Segundo a Bloomberg, o serviço é testado e provavelmente será lançado primeiro na Índia, onde existe uma base de usuários gigantesca e um enorme mercado de remessas e transações diárias. O WhatsApp possui 200 milhões de usuários no país, que recebeu 69 bilhões de dólares (cerca de 265 bilhões de reais) em remessas somente em 2017, segundo o Banco Mundial.

Facebook aposta em Blockchain

Em maio deste ano, o Facebook criou um grupo dedicado a estudar o uso de blockchain, liderado pelo antigo presidente do PayPal, David Marcus. "Como muitas outras empresas, o Facebook está explorando maneiras de alavancar o poder da tecnologia blockchain", disse um porta-voz da companhia em um comunicado. "Esta nova equipe pequena está explorando muitos aplicativos diferentes. Não temos mais nada para compartilhar."

No momento, a empresa busca uma estratégia para os ativos que precisam ser mantidos para proteger o valor das “stablecoins”, e provavelmente levará um tempo até que a ideia chegue aos smartphones dos mais de 1,5 bilhão de usuários do WhatsApp no mundo todo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.