WhatsApp drena bateria de smartphones Android, segundo usuários

Usuários do WhatsApp em celulares Android estão reclamando que app está usando mais bateria do que o necessário

São Paulo - De acordo com usuários do OnePlus, smartphone fabricado pela empresa chinesa de mesmo nome, o WhatsApp está fazendo com que a carga da bateria de celulares Android acabe mais rápido do que o normal. Esse problema foi notificado por indivíduos que possuem a última versão do sistema Android em seus celulares.

A página do WhatsApp na Google Play Store, que é a loja digital de aplicativos para smartphones Android, ficou recheada de comentários de usuários apontando a situação com seus celulares.

"Infelizmente, desde a última atualização eu não consigo baixar nem enviar fotos ou vídeos. Fica aparecendo um aviso na tela dizendo que o arquivo de mídia não existe neste aparelho. Além disso, a drenagem da bateria cresceu consideravelmente. Quando estou na rua, sempre preciso levar meu carregador portátil para garantir que eu permaneça alcançável enquanto trabalho", escreveu um indivíduo nos comentários.

Outros usuários compartilharam no Twitter capturas de tela que demonstrava o uso de bateria de seus celulares, reclamando de que o aplicativo estava "roubando" a maioria de seu tempo de uso, mesmo que não o utilizassem muito: "Realmente me assusta quando vejo que o WhatsApp está sugando bateria como nenhum outro aplicativo", escreveu um usuário do celular OnePlus 5T.

Por meio da rede social Reddit, internautas comentaram que também presenciaram os mesmos problemas em outros celulares Android, como Google Pixel 3, Pixel 4, Huawei P20 e alguns modelos Xiaomi. Esse problema parece, até o momento, não estar afetando usuários de dispositivos iOS, como iPhones.

O WhatsApp não respondeu aos comentários dos internautas sobre o problema. EXAME procurou a empresa, mas ainda não recebeu resposta sobre o caso. A matéria será atualizada se a companhia emitir algum comunicado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também