Uso de banda larga móvel é irrisório no mercado de tablets

Nos Estados Unidos, os dados em dispositivos móveis geraram US$ 67 bilhões em receita o ano passado, um crescimento de 22% em relação ao ano anterior

São Paulo - De acordo com uma pesquisa da Mobile Future Foward, que mapeou o mercado de mobilidade dos Estados Unidos, 90% dos tablets são utilizados em conexões Wi-Fi e alguns, inclusive, possuem chips inativos. Isso significa que o uso de banda larga móvel 3G ainda é irrisório e que as operadoras não são um fator crucial para a escolha do consumidor.

De acordo com o analista Chetan Sharma, responsável pela pesquisa, a partir de agora o mercado se volta para as operadoras que começarem a oferecer planos de dados compartilhados em múltiplos dispositivos móveis, ou seja, smartphones e tablets.

No país, os dados em dispositivos móveis geraram US$ 67 bilhões em receita o ano passado, um crescimento de 22% em relação ao ano anterior. Para este ano, a expectativa é a geração de US$ 80 bilhões em receita, mas o destaque é o volume de dados trafegados. Essa quantidade deve dobrar em 2012 pelo oitavo ano consecutivo.

“Os dados constituem mais de 85% do tráfedo em dispositivos móveis nos Estados Unidos. Aproximadamente, 30% dos usuários dos smartphones consomem mais de 1 gigabyte por mês”, afirma Sharma, evidenciando a pequena parcela atribuída a ligações convencionais ou SMS na comparação com a navegação na Internet.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.