Twitter e Snap dão as mãos contra gigantes de tecnologia

Mercado viu parceria com otimismo e ações das empresas subiram hoje, após anúncio; funcionalidade está disponível para usuários de iOS

Já diz o ditado popular “a união faz a força”. Em busca de mais alcance entre seus usuários, Twitter e Snapchat fizeram os dizeres valerem à risca. As companhias lançaram, nesta quinta-feira (10) uma nova funcionalidade para usuários de produtos da Apple (que têm sistema operacional iOS) que permite compartilhar os tuítes no aplicativo de envio de mensagens com base em imagens.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor

Após o anúncio, as companhias chegaram a outro ditado popular: “quem divide, multiplica”. Dessa vez, o mercado fez valer essa ideia, com a valorização das ações de ambas as companhias durante o dia. A Snap Inc, dona do Snapchat, viu a valorização chegar a 8% e as ações serem negociadas a US$ 53,19, de acordo com informações do Business Insider. Ao mesmo tempo, o Twitter alcançou um percentual ainda maior: 9,5% a mais durante o dia, com as ações negociadas a US$ 51,22 no fim do dia.

Vale lembrar que as duas empresas estão longe de atingir o crescimento vertiginoso mostrado pelas companhias de Mark Zuckerberg. Ainda assim, ganharam algum respiro durante a pandemia: de acordo com resultados divulgados em outubro, o Snapchat atingiu o número de 249 milhões de usuários ativos no terceiro trimestre, alta de 4% em relação ao segundo trimestre. No mesmo período, ganhava força a campanha “Stop Hate for Profit”, boicote de anúncios do Facebook.

A cada segundo, 14 pessoas começam a usar uma rede social pela 1ª vez

No mesmo período, o Twitter registrou 27 milhões de novos usuários, porém não conseguiu compensar a queda de 61 milhões registrada no trimestre anterior.

Diante de novos entrantes, como o TikTok – que ainda assim, enfrenta duras barreiras nos Estados Unidos – o movimento de união das companhias faz bastante sentido. Para ter uma ideia, a plataforma trouxe 80 milhões de novos usuários para si entre julho e setembro, totalizando 700 milhões de usuários, de acordo com estimativas de mercado.

Para “reagir”, a seu modo, Twitter e Snapchat põem em prática uma ação bastante simples: usuários do Twitter que estiverem logados no Snapchat poderão clicar em cima do tuíte e compartilhá-lo via “snap story” (funcionalidade similar aos populares Instagram Stories, que compartilha a imagem por 24 horas dentro da plataforma) ou enviá-la a um amigo. A funcionalidade começa a valer a partir de hoje.

De acordo com a Reuters, o Twitter planeja disponibilizar a função em breve para usuários de Android. A companhia também planeja testar uma integração similar para os stories do Instagram em breve. “Se não pode vencer seus inimigos, junte-se a eles”, não é mesmo?

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.