Tendência em apps, modo escuro começa a chegar ao Google

O recurso modifica a cor do buscador mais popular do mundo, seguindo aplicativos como Twitter e WhatsApp

O modo escuro ganhou espaço em aplicativos como Twitter, Facebook e WhatsApp. A justificativa das empresas ao oferecer tal recurso varia entre a economia de bateria de celulares, o menor impacto luminoso aos olhos do usuário ou simplesmente estilo. O Google começou a testar com mais pessoas o seu próprio modo escuro no seu buscador, que dominou 97,1% das pesquisas online no Brasil em 2020, segundo a consultoria StatCounter GlobalStats.

No novo visual, o nome do Google aparece em branco e o fundo da inteface do buscador fica cinza-escuro quando o modo escurso está ativado no sistema operacional do computador ou notebook.

Ao site americano The Verge, o Google informou que trabalha constantemente em novos recursos para seus produtos.

Vale notar que diversos temas que modificam a interface do navegador Google Chrome podem ser baixados e instalados a partir da loja virtual Chrome Web Store, que conta com diversas opções gratuitas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também