Samsung entra em nova fase com TVs MicroLED

A nova tecnologia de imagem visa reproduzir tons escuros com maior fidelidade de cores
Micro LED: nova tecnologia da Samsung que rivaliza com telas OLED chega ao mercado (Samsung/Divulgação)
Micro LED: nova tecnologia da Samsung que rivaliza com telas OLED chega ao mercado (Samsung/Divulgação)
L
Lucas Agrela

Publicado em 09/12/2020 às 22:30.

Última atualização em 09/12/2020 às 22:42.

A Samsung começa a vender hoje telas MicroLED na Coreia do Sul. Anunciada em 2018 como uma alternativa a telas OLED da LG e da Sony, a tecnologia fez aparições na feira de eletrônicos CES, em Las Vegas, e agora chega ao mercado. A primeira tela vendida no país-sede da empresa tem 110 polegadas. Segundo a Samsung, o novo painel de resolução 4K é capaz de reproduzir a gama de cores de fotografias tiradas com câmeras profissionais (DSLR) de última geração.

A tecnologia MicroLED consiste no uso de chips de LED com distância microscópica entre si. Com isso, a sul-coreana diz reproduzir o efeito de pixels apagados em cenas escuras, como no OLED, que ajuda a deixar os tons pretos e cinza mais puros, livres de interferência de luzes indevidas.

A tela grande do televisor pode ser dividida para ver quatro fontes de conteúdo diferentes graças a um novo recurso chamado "Multi Tela". As imagens podem ter até 55 polegadas.

“A Samsung MicroLED redefinirá o significado de experiências premium em casa para consumidores em todo o mundo”, diz, em nota, Jonghee Han, presidente de displays corporativos visuais da Samsung Electronics.

A implementação de luzes LED na tela dá às TVs com essa tecnologia até 100 mil horas de reprodução de vídeos, o que, segundo a fabricante, equivale a mais de uma década de uso.

O som do aparelho, em 5,1 canais, conta com uma tecnologia chamada de Som em Movimento. A TV identifica os pontos das cenas de onde são emitidos os sons e ativa os alto-falantes correspondentes para causar impressão de estar vendo imagens reais (e não em uma TV).

Atualmente, a companhia vende no Brasil aparelhos LED com película de pontos quânticos para oferecer 100% do volume de cores na linha QLED, que tem até modelos de resolução 8K. No entanto, os níveis de contraste e brilho do MicroLED são superiores.

Por enquanto, não há previsão de chegada da nova TV ao mercado brasileiro.

A Samsung já apresentou conceitos de TVs com MicroLED com 75 polegadas. Ou seja, no futuro, não será preciso ter espaço para um televisor de 110 polegadas em casa para ter um tela com essa nova tecnologia de imagem.