A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Samsung Chromebook 303C

logo-infolab

A Samsung foi a segunda empresa a lançar um Chromebook no Brasil, mas a primeira a contar com um produto com teclado adaptado ao padrão nacional. Mais barato do que um notebook com Windows ou Linux de configuração intermediária (como, por exemplo, um aparelho com processador Intel Core i3 de 3ª geração), o produto tem foco na navegação web e na melhor experiência de uso dos serviços do Google, como Gmail, Docs e Drive.

Entretanto, com SSD de 16GB, o armazenamento de arquivos no dispositivo é limitada, ainda mais quando o assunto é vídeo. Por isso, a Samsung, em parceria com a gigante das buscas, oferece 100GB de armazenamento na nuvem do Drive (gratuitos por dois anos). Assim como este, quase todos os aplicativos do Chromebook requerem conexão com a web. Segundo a empresa, o apelo do produto é jovem, uma pessoa que está em constante deslocamento entre casa, trabalho e faculdade. Contudo, é preciso que todos esses locais contem com pontos de acesso à internet para que o uso do produto não seja prejudicado.

Design

Com sua tela de 11,6 polegadas (1366 por 768p), o Chromebook da Samsung é um aparelho quase tão fácil de ser transportado quanto um tablet de 10 polegadas, como o iPad, ou um notebook ultrafino, como o Macbook Air. Seu teclado tem destaque no Brasil por contar com o padrão brasileiro — por exemplo, o "ç" é uma das teclas —, algo que falta ao Chromebook da Acer, o C7. Contudo, a interrogação e a barra ficam nas teclas Q e W.

No geral, seu visual é discreto, com sua construção prateada e um logotipo da Samsung e do Chrome. Bem leve, o notebook da Samsung é confortabilíssimo de se manusear. Os cantos levemente arredondados e o acabamento, embora seja de plástico, auxiliam no aspecto geral. O posicionamento das conexões é um pouco incomodo, mas, de certa forma, prático: USB e HDMI ficam na traseira. As caixas de som são posicionadas na parte inferior na parte da frente. Tampá-las é praticamente inútil uma vez que o som espalha por sua estrutura leve (e oca). A acústica não favorece a qualidade do som, mas isso é algo esperado para um produto com este tamanho.

Sistema

O Chome OS, que roda no aparelho, é um sistema baseado no Linux que é, essencialmente, uma versão estendida do navegador Google Chrome. Ele é mais leve do que o Windows, todavia, mais limitado também. A instalação de programas não acontece como na forma tradicional feita no Windows, ele roda extensões de navegador disponíveis na Chrome Web Store. Mas vale ressaltar que há uma versão do Silverlight para o sistema, ou seja, é possível assistir conteúdos da Netflix.

Apesar do Linux ser um software livre distribuído gratuitamente às fabricantes, mesmo o Ubuntu ainda não conseguiu ser tão amigável quanto o Chrome OS quando o assunto é usabilidade. Pessoas que não têm grande familiaridade com produtos tecnológicos podem utilizar quase que sem desafios todos os recursos disponíveis, já que eles se baseam na mesma experiência oferecida em um navegador de internet para Windows, Mac OS e Linux.

Entre os programas básicos do sistema, há um reprodutor de vídeos capaz de executar arquivos com resolução Full HD, bem como arquivos no formato MP3.

Um ponto positivo deste sistema é que ele mantém seus aplicativos sempre atualizados, bem como o próprio software. Você não precisa se preocupar com upgrades e manutenção de antivírus de tempos em tempos, tudo é feito automaticamente. De acordo com a empresa, ao contrário dos  aparelhos com o Windows, que ficam defasados com o uso, os Chromebooks devem ficar progressivamente melhores devido às atualizações do sistema fornecidas pelo Google. Contudo, isto é algo que só o tempo dirá.

Configuração

O Samsung Chromebook tem processador Samsung Exynos 5 Dual (1.7GHz, 1MB L2 Cache), 2 GB de memória RAM, 16 GB de armazenamento, tela LED HD de 11.6' polegadas (1366 por 768p), controladora de vídeo ARM MaliT604 além de placa-mãe e chipset proprietários da fabricante.

Apesar de ser uma configuração fraca para um computador tradicional, ela é o suficiente para rodar bem o sistema do Google. Durante os testes do INFOlab, não foram constatados problemas de usabilidade, como travamentos,

Bateria

Este é um ponto de destaque do Chromebook da Samsung. Durante a reprodução contínua de vídeo com Wi-Fi ativo, ele aguentou 5h21 minutos longe da tomada. Considerando que a média de autonomia de notebooks é entre duas e três horas, a marca atingida pelo aparelho no teste do INFOlab pode ser considerada muito boa.

Considerações Finais

O Samsung Chromebook não é um produto para uso de softwares pesados, como editores de vídeo ou foto, mas, sim, algo voltado entretenimento e produtividade web. Ele pode ser um segundo aparelho para quem já tem um notebook, mas precisa de um produto mais leve para levar na mochila. Sendo assim, ele concorre não só com computadores portáteis de baixo custo, mas também com tablets. O que vai determinar se é melhor para você um iPad, por exemplo, ou um Samsung Chromebook são dois pontos: a necessidade de um teclado físico e o uso de aplicativos. Se os apps que você usa estão disponíveis na web, eles são acessíveis pelo Chromebook. Sendo assim, a Samsung oferece um produto para um nicho de mercado que tem potencial no Brasil, visto que o uso de internet não para de crescer. Entretanto, o preço poderia ser um pouco mais baixo.

Ficha técnica

Processador Samsung Exynos 5 Dual - 1,7 GHz (2 núcleos)
RAM 2 GB DDR3L
Armazenamento 16GB eMMC
Sistema Google Chrome OS 33.0.1750
Controladora de vídeo ARM MaliT604
Peso
Bateria 5h21

Avaliação técnica

Prós Desing, simplicidade de uso do sistema, duração de bateria
Contras Ecossistema de aplicativos limitado, poderia ter entrada para chip de operadora
Conclusão Produto dedicado exclusivamente à navegação web com configuração de hardware que oferece boa usabilidade
Configuração 6,5
Vídeo e Áudio 6,0
Usabilidade 6.4
Design 7,9
Bateria 9,6
Média 7.2
Preço R$ 1.099

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também