Rio tem primeiro festival de comida vegana de boteco

O festival Comida di Buteco ganhou uma nova versão na noite de ontem: a primeira edição do Noites Veganas

O festival Comida di Buteco ganhou uma nova versão na noite de ontem: a primeira edição do Noites Veganas. Realizado no bar La Esquina, na Lapa, região central do Rio, o encontro reuniu cariocas veganos (pessoas que não comem nenhum produto de origem animal) e vegetarianos (aqueles que não comem carnes) que gostam de sair à noite para comer e beber com os amigos.

Vegetariano há dois anos, o gerente de Tecnologia da Informação Raphael Moura idealizou o projeto porque sentia falta de "casas veganas para os boêmios cariocas" já que a maioria dos restaurantes só funciona para o almoço. "No Rio, só existem três restaurantes veganos que funcionam até meia noite e não têm opções para beber. São Paulo tem pelo menos quatro restaurantes em que você pode sentar, comer e beber bem. A ideia (do Noites Veganas) surgiu este ano para acabar com essa frustração", disse.

Nesta edição, foram convidados o chef Felipe Alves e o restaurante Dona Vegana. Cada um apresentou cinco comidas de boteco como salgadinhos e sanduíches, dois pratos de comida e uma sobremesa. O chef Felipe Alves preparou hambúrguer com duas carnes vegetais, creme de tofu com cenoura e porção de batata doce frita, e panquecas com alho poró e ervas finas.

Já o Dona Vegana apostou em pratos normalmente servidos no restaurante como a cafta acompanhada de molho de hortelã ou mostarda, e criou o bolinho de batatalhau e o sanduíche de seitan acebolado com queijo (vegano) derretido. "As pessoas estão se acostumando com o sabor da comida vegetariana. Quem não conhece, às vezes até confundem com carne", avaliou Michel Mekler, sócio do Dona Vegana que, a cada 15 dias, faz um rodízio de pizzas e petiscos veganos.

Pelos planos de Raphael, as Noites Veganas futuramente se tornarão um evento mensal, sempre variando de local. "Onde as pessoas disserem que estão faltando (restaurantes veganos que funcionem à noite) a gente faz". A próxima noite vegana será em outubro (ainda sem data e local definido) e dedicado aos casais românticos e veganos. "Vegano é um ser normal. Viemos do planeta Vegan, mas lá também se bebe e se diverte", brincou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.