Realme fecha parceria com Mercado Livre e terá entrega de celulares em 48h

A empresa chinesa chegou ao Brasil no começo deste ano e rivaliza com Samsung e Motorola

A fabricante chinesa de smartphones Realme, que começou a vender seus aparelhos no Brasil no começo de 2021, dá mais um passo na sua estratégia de tornar-se uma das três maiores marcas que mais vendem smartphones no país. A empresa fechou uma parceria de negócios com o argentino Mercado Livre para vender seus celulares on-line. 

  • Quais são as tendências entre as maiores empresas do Brasil e do mundo? Assine a EXAME e saiba mais.

Como diferencial, a empresa promete que, em 80% do território nacional, as entregas serão feitas no prazo de até 48 horas após a compra. 

“Esse é mais um passo da realme na trajetória de expansão da marca no Brasil. Temos certeza que nosso portfólio diverso combinado a parceiros de venda confiáveis, ágeis e reconhecidos pelos público serão determinantes para o crescimento exponencial que projetamos para este ano e os próximos”, afirma, para a EXAME, Marcelo Sato, gerente de vendas da marca no Brasil.

Recentemente, a Realme lançou no país os smartphones Realme 8 Pro e C25, ambos com sistema operacional Android. Os dispositivos rivalizam com produtos da Samsung e da Motorola no mercado brasileiro de smartphones. Além do Mercado Livre, a Realme também vende seus produtos em varejistas como Submarino. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também