Mobile World Congress é inaugurado em Barcelona

Com 55 mil visitantes, evento espanhol deve gerar uma quantia de € 220 milhões

Barcelona - A cidade espanhola de Barcelona acolhe a partir desta segunda-feira o Mobile World Congress, a grande reunião mundial sobre telefonia celular na qual os grandes fabricantes apresentarão suas novidades e que desta vez estará marcada pelo acordo entre a Nokia e a Microsoft.

Quase 800 operadoras de telefonia celular de todo o mundo e mais de 200 empresas estarão presentes em Barcelona, onde compartilharão espaço com 2,4 mil jornalistas credenciados.

O Mobile World Congress (MWC), que reunirá até a próxima quinta-feira as propostas de mais de 1,3 mil expositores de mais de 200 nacionalidades, gera um impacto econômico de mais de 220 milhões de euros (US$ 300 milhões) graças a seus 55 mil visitantes.

Embora tenha um componente muito midiático, trata-se, fundamentalmente, de um encontro da indústria com produtos e serviços que permitiriam criar desde o zero uma operadora de telecomunicações com suas redes, sistemas de faturamento, serviços, celulares e cartões SIM.

A aliança anunciada entre a Microsoft e a Nokia em torno do sistema operacional móvel da multinacional americana, o Windows Phone, fará com que os discursos do líder da Microsoft, Steve Ballmer, e da Nokia, Stephen Elop, sejam acompanhados com uma especial atenção.

Os executivos-chefes da Google, Eric Schmidt, do Twitter, Dick Costolo, e o do Yahoo!, Carol Bartz, também assistirão às conferências do encontro.

As operadoras, verdadeiras promotoras do MWC, também estarão bem representadas nas conferências com presenças como a do presidente da Telefónica, César Alierta; do executivo-chefe da Vodafone, Vittorio Colao; e do presidente da China Mobile, Wang Jianzhou.

Nos quatro dias do congresso haverá 250 conferências do setor e os presentes realizarão milhares de reuniões profissionais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.