Microsoft cogita anúncios no Windows para baratear PCs

A publicidade embarcada na versão Windows 365 ajudaria a cortar os custos da licença completa e do hardware necessário para rodar o sistema operacional
 (Foto/Reprodução)
(Foto/Reprodução)
D
Da redação

Publicado em 03/11/2022 às 09:52.

Última atualização em 03/11/2022 às 09:54.

A Microsoft pode estar considerando um futuro com computadores de baixo custo com serviços em nuvem e anúncios nos programas do Windows 365.

A possibilidade foi descoberta recentemente pelo ZDNet após a Microsoft listar algumas vagas de emprego que indicam o desenvolvimento de uma versão para consumidor doméstico do Windows 365, a versão em nuvem do Windows até então destinado à empresas.

Nesse novo modelo de negócio, chamado de PCs thin client, a ideia é vender os dispositivos com configurações de entrada, baratas, e com o mínimo para rodar um sistema gratuito, por exemplo um Linux, e então acessar a versão em nuvem do Windows, que pode ser uma assinatura ou custeada por anúncios, tal qual Spotify e YouTube fazem.

A ideia, ainda que embrionária, caminha para um modelo que a Microsoft já abraçou no Microsoft 365 (antigo Office), que segue o modelo SaaS (Software as a Service), e para o qual muitas fornecedoras de software já migraram nos últimos anos.