Tecnologia

O que esperar do lançamento do iPhone 13? Assista ao vivo

Evento da Apple trará nova versão do iPhone, além de Apple Watch Series 7. Novos iPad Mini e AirPods também são aguardados

Tim Cook, CEO da Apple: executivo deve estar à frente dos principais anúncios da empresa nesta terça (Bloomberg/Getty Images)

Tim Cook, CEO da Apple: executivo deve estar à frente dos principais anúncios da empresa nesta terça (Bloomberg/Getty Images)

TL

Thiago Lavado

Publicado em 14 de setembro de 2021 às 06h00.

Última atualização em 15 de setembro de 2021 às 07h47.

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia

A Apple lança nesta terça-feira, 14, os novos iPhone 13 em um evento que promete ainda outros gadgets. Pode-se esperar, além dos modelos de smartphone, uma nova versão do Apple Watch, o relógio inteligente da empresa.

Atualização de 15h20: a Apple anunciou novos iPhone 13, iPad Mini e Apple Watch Series 7. Veja a cobertura completa.

Embora os avanços sejam marginais nos últimos anos, é esperado que o aparelho tenha novas funções de câmera, um novo formato de vídeo de alta qualidade, um efeito de desfoque agora também nos vídeos e filtros mais inteligentes.

São esperados ainda um novo processador desenvolvido pela Apple para a linha, além de novas opções de taxa de atualização da tela, algo que a empresa ainda devia à concorrência.

Fala-se ainda sobre um possível novo iPad Mini e novos modelos do fone de ouvido AirPods, um sucesso da Apple nos últimos anos.

Os Apple Watch também podem vir com um novo redesenho e há rumores de que estão sofrendo atrasos de produção devido à crise no mercado de chips.

O aparelho tem sido tratado pela empresa como uma tecnologia de saúde, voltada tanto para exercícios quanto para diversas métricas nesse sentido. Nos últimos anos, o Watch recebeu medidores de oxigenação no sangue e de decibéis, além de eletrocardiograma. Muitos especialistas esperam ainda mais novidades nesse sentido.

No segundo trimestre deste ano, a Apple vendeu 39,5 bilhões de dólares em iPhones, o que corresponde a quase metade do faturamento da empresa no período. O volume demonstra a importância do aparelho para empresa, embora outras áreas, como serviços aos clientes e acessório, tenham altas significativas.

Como assistir aos anúncios?

O evento da Apple, chamado de "California Streaming", começa hoje às 14h, no horário de Brasília. A apresentação, em inglês, pode ser acompanhada pelo site da empresa ou pelo canal no YouTube:

yt thumbnail

Visual do iPhone 13?

Modelagens virtuais da carcaça do iPhone 13 e suas variantes apontam que o visual “retrô” será mantido. Mas existem indicativos de novas opções de cores, entre elas a Matte Black e o bronze alaranjado.

  • O iPhone 13 vai ter suporte para ligações via satélite para a realização de chamadas de emergência
  • O aparelho terá três opções de memória: 128 GB, 512 GB e 1 TB — na série do iPhone 12, a opção com maior capacidade era de 512 GB e a de menor, 64 GB;
  • Suporte para carga rápida com adaptadores de 20W e 25W;
  • As versões Pro e Pro Max devem trazer displays LTPO com funcionalidade always-on (quando a tela tem alguns pontos sempre acessos), e taxa de atualização de 120 Hz;
  • O processador será o A15 Bionic;
  • A versão Mini deve ser descontinuada.
yt thumbnail

Não perca as últimas tendências do mercado de tecnologia. Assine a EXAME.

Acompanhe tudo sobre:AppleApple WatchExame HojeiPhoneLançamentos

Mais de Tecnologia

Neuralink, de Elon Musk, fará teste de implante cerebral em novo voluntário

Contra Huawei, Apple corta preço de iPhone na China

TikTok passa a testar vídeos de 60 minutos e acirra disputa com YouTube

Como tirar o online do WhatsApp no Android? Confira o tutorial no app

Mais na Exame