iPad Air, o tablet mais potente da Apple, é super leve

Redesenhado, além de mais leve e mais poderoso que o iPad 4, novo tablet da Apple pesa apenas 450 gramas e traz processador A7 de 64 bits
 (Divulgação)
(Divulgação)
G
Gabriela Ruic

Publicado em 09/12/2013 às 10:03.

Última atualização em 18/10/2016 às 08:24.

São Paulo – O iPad Air desembarcou nesta semana no Brasil. Elogiado pela crítica, o novo tablet da Apple está menor, mais leve e mais poderoso que seu antecessor, o iPad 4, que agora está fora de linha. Além disso, ele foi redesenhado: com as bordas reduzidas, o design do dispositivo está mais próximo ao do iPad mini.

O tablet segue com a tela Retina de 9,7 polegadas, mas pesa agora 450 gramas e tem 7,5 milímetros de espessura. Seu processador é o A7 de 64 bits que, de acordo com a Apple, é até duas vezes mais rápido que o chip do iPad 4.

O iPad Air conta ainda com duas câmeras. A frontal tem 1,2 megapixel (MP), enquanto que a traseira oferece 5 MP. Compatível com o padrão brasileiro para a rede 4G LTE, o tablet está disponível por aqui em três versões: 16 GB, 32 GB e 64 GB. O modelo de maior capacidade, 128 GB, não foi anunciado pela Apple no Brasil.

Os preços variam entre 1.750, referente ao o modelo mais simples de 16 GB de Wi-Fi, e podem chegar a até 2,5 mil reais, no caso do iPad Air de 64 GB e Wi-Fi + 4G.