Home office aumenta vendas de PCs e notebooks no mundo

As empresas de computadores HP, Lenovo e Dell lideraram o mercado global no segundo trimestre de 2020

O mercado de computadores e notebooks cresceu durante a pandemia do novo coronavírus devido ao aumento do número de pessoas que precisaram passar a trabalhar ou estudar de casa.

De acordo com a consultoria americana IDC, o salto de vendas no setor foi de 11,2% de abril a junho de 2020, em relação ao mesmo período no ano passado. Foram 72,26 milhões de unidades vendidas ao varejo.

As maiores empresas do setor foram HP, Lenovo e Dell, que registraram a primeira queda em quatro anos, puxada por uma redução de vendas de 20% na América Latina, segundo dados da consultoria Gartner, também americana.

Veja, na tabela a seguir, as fabricantes que mais venderam PCs e notebooks no segundo trimestre, segundo a IDC. Vale ressaltar que a EXAME apurou que os dados são preliminares e ainda podem mudar.

Fabricante Unidades Fatia de mercado Crescimento anual
HP 18,082 milhões 25,0% 17,7%
Lenovo 17,411 milhões 24,1% 7,4%
Dell 12,010 milhões 16,6% 3,5%
Apple 5,594 milhões 7,7% 36,0%
Acer 4,828 milhões 6,7% 12,7%
O resto 14,337 milhões 19,8% 6,8%
Total 72,261 milhões 100% 11,2%

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.