Câmara adia votação do marco regulatório da internet

Código Brasileiro da Aeronáutica também deveriam ser apreciadas hoje, mas, a pedido do líder do governo, Arlindo Chinaglia, a votação foi adiada

Brasília – Um acordo de lideranças adiou para a próxima semana a votação do marco regulatório da internet e do Código Brasileiro da Aeronáutica na Câmara dos Deputados. As duas matérias deveriam ser apreciadas hoje (13), mas, a pedido do líder do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP), e de outros líderes da base governista, a votação foi adiada.

Segundo Chinaglia, o governo pediu prazo para negociar as votações e, com isso, construir um acordo que possibilite a aprovação das propostas. Segundo ele, hoje, isso seria difícil. Desde a semana passada, líderes partidários tentam um acordo em torno de alguns pontos dos dois projetos.

Com o adiamento, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), acertou com os líderes partidários votar ainda hoje, por acordo, os projetos que tratam do adicional de periculosidade para vigilantes e seguranças privados e o que discrimina os impostos na nota fiscal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.